Casa é interditada após deslizamento de terra no Aventureiro, em Joinville

O deslizamento chegou próximo da residência

Casa é interditada após deslizamento de terra no Aventureiro, em Joinville

O deslizamento chegou próximo da residência

Redação

Na noite desta segunda-feira, 14, a Defesa Civil de Joinville registrou uma ocorrência de deslizamento de terra na rua João de Barro, no Aventureiro. O deslizamento chegou próximo da uma residência e a casa foi interditada.

De acordo com a Defesa Civil, os quatro moradores da casa que foi quase atingida foram desalojados em residência de familiares.

Nesta terça-feira, 15, será realizada uma nova vistoria técnica no local com a presença do geólogo da Defesa Civil.

Quantidade de chuva

De acordo com a Defesa Civil, nas últimas seis horas foi registrado uma média de 43 milímetros de chuva no município. O bairro com mais volume foi o Vila Nova, com 55 milímetros.

Foi vistoriado um ponto de alagamento na rodovia Hans Dieter Schmidt, no Distrito Industrial, mas que não resultou em danos.

Na tarde desta segunda-feira também foi feita a vistoria em uma casa na rua Olga Trusz Sboinski, no Parque Guarani. No local ocorreu a queda de um muro na base da moradia, sem riscos significativos. Durante a vistoria o imóvel estava vazio.

Divulgação

Alerta de temporal

Nesta segunda-feira a Defesa Civil de Joinville emitiu um alerta de temporal e maré alta durante a semana.

Conforme previsão meteorológica, até a madrugada de quinta-feira, 17, há tendência de chuvas fortes no período da tarde. Isto, devido à insolação, aquecimento do ar e de uma frente fria. Não está descartado eventual queda de granizo e a ocorrência de rajadas de vento ao longo da semana.

Maré

A maré está em nível de atenção e pode chegar a 2,1 metros durante os próximos dias. O que aumenta o risco de alagamentos, caso coincidir com a ocorrência de chuvas.

Em caso de emergência, a orientação é entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199. Ou  com o Corpo de Bombeiros Voluntários, pelo telefone 193.

Recomendações

Deslizamentos de terra: atenção a qualquer movimento de terra ou rochas próximas às residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil do Município, pelo telefone 199, ou Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193.

Tempestades: proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade.

Alagamentos/inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Enxurradas: não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales. Pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.


Receba notícias no seu WhatsApp: basta clicar aqui para entrar no grupo do jornal

Clique aqui e inscreva-se no canal no YouTube do jornal O Município Joinville. Vem muita novidade por aí!

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo