+

Acusado de participação em homicídio é condenado em Joinville

Ele atraiu a vítima para uma emboscada

Acusado de participação em homicídio é condenado em Joinville

Ele atraiu a vítima para uma emboscada

Redação O Município Joinville

Um homem foi condenado a oito anos de prisão, em regime inicial fechado, por participar do homicídio de um adolescente no bairro Jardim Paraíso, em Joinville. O crime aconteceu em outubro de 2020 e o réu já está encarcerado.

O crime foi qualificado por motivo torpe e dissimulação. Consta na denúncia que a participação do acusado na ação se resumiu a realizar um pedido para entrega de lanche, via telefone, ao estabelecimento onde a vítima trabalhava, com o intuito de atraí-la ao local da emboscada.

No trajeto, o entregador foi atingido com vários disparos de arma de fogo por dois menores e não resistiu aos ferimentos. A motivação da violência foi a rivalidade entre facções criminosas.

Relembre o crime

Um adolescente de 17 anos foi morto a tiros durante o trabalho no Jardim Paraíso. Ele havia saído do estabelecimento onde trabalhava para fazer uma entrega de bicicleta. O corpo do jovem foi encontrado na madrugada seguinte ao crime.

De acordo com a Polícia Militar, uma testemunha ouviu o som de disparos de arma de fogo por volta das 23 horas, mas não viu nenhuma vítima no local. Quando seu filho saiu para trabalhar, durante a madrugada, avistou o corpo do adolescente caído na via e eles acionaram a PM.

O proprietário do comércio, cunhado de Matheus, chegou ligar para ele várias vezes, mas não foi atendido. A polícia foi informada sobre o desaparecimento por volta das 0h30, duas horas depois da saída do jovem, que foi fazer a entrega na rua Dorado.

Leia também:
– Corpo de homem é encontrado às margens da BR-101, em Araquari
– Identificado homem que foi morto dentro de casa no bairro Aventureiro, em Joinville
– Motorista morre espancado após matar homem atropelado em Itapoá
– Juíza que teria induzido vítima de estupro a desistir de aborto em SC será transferida para Brusque
– OAB-SC se posiciona sobre juíza que teria induzido criança grávida estuprada a não abortar


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo