+

Aposentados e pensionistas terão décimo terceiro antecipado; confira datas

Este será o terceiro ano consecutivo de pagamento antecipado do benefício

Aposentados e pensionistas terão décimo terceiro antecipado; confira datas

Este será o terceiro ano consecutivo de pagamento antecipado do benefício

Agência Brasil

Pelo terceiro ano seguido, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão o décimo terceiro com antecedência. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira, 17, o decreto que autoriza a antecipação do pagamento, assim como saque de R$ 1 mil do FGTS.

Segundo a equipe econômica, a medida injetará R$ 56,7 bilhões na economia. A antecipação não tem impacto no Orçamento de 2022 porque a medida apenas muda a data de pagamento do benefício, sem acrescentar o gasto previsto para o ano. Ao todo, são 30,5 milhões aposentados e pensionistas no INSS.

A primeira parcela do décimo terceiro será paga entre 25 de abril e 6 de maio, junto com as aposentadorias e pensões de abril. A segunda parcela será paga de 25 de maio e 7 de junho, junto com os benefícios relativos a maio. Tradicionalmente, os aposentados e pensionistas do INSS recebem o décimo terceiro em agosto e novembro.

Veja também:
– Campanha contra a gripe inicia em abril; veja onde se vacinar em Joinville
– Trabalhadores poderão sacar parte do FGTS; veja valor e calendário
– Códigos para informar patrimônio mudam na declaração do IR 2022

Terceiro ano consecutivo

Nos últimos dois anos, o pagamento do décimo terceiro a aposentados e pensionistas tinha sido antecipada, por causa da pandemia de covid-19. Em 2020, o dinheiro foi pago em abril e maio. No ano passado, foi pago em maio e junho.

A maioria dos aposentados e pensionistas receberá 50% do décimo terceiro na primeira parcela. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro e terá o valor calculado proporcionalmente.

O Ministério do Trabalho e Emprego esclarece que os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor do décimo terceiro, calculada de acordo com a duração do benefício. Por lei, os segurados que recebem benefícios assistenciais, como o Auxílio Brasil, não têm direito a décimo terceiro salário.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo