Arquiteto voluntário realiza melhorias em espaço do Cras Parque Guarani, em Joinville

A horta do Cras é cuidada pelas crianças e idosos atendidos no serviço de convivência, mas como as visitas foram suspensas, o espaço ficou sem manutenção

Arquiteto voluntário realiza melhorias em espaço do Cras Parque Guarani, em Joinville

A horta do Cras é cuidada pelas crianças e idosos atendidos no serviço de convivência, mas como as visitas foram suspensas, o espaço ficou sem manutenção

Redação

A pandemia do novo coronavírus interrompeu as atividades do serviço de convivência com crianças e idosos na horta do CRAS Parque Guarani. O local ficou vazio e sem os cuidados necessários. Mas a situação começou a mudar após um pedido de ajuda feito pela educadora do CRAS, Cirlé Dourado dos Reis, ao filho, Iago Pires Dourado dos Reis.

“Foi impossível dizer não porque se trata de uma contribuição social, uma ajuda na vida de pessoas em situações vulneráveis”, disse. Formado em arquitetura e urbanismo, ele se apresentou como voluntário e começou a fazer melhorias. Limpou, fez consertos, separou as ervas medicinais, temperos verdes e flores. Aliando conhecimento técnico e boa vontade, com mudanças simples, organização e cores, tornou o espaço mais qualificado e acolhedor.

“Em meio ao processo, as pessoas foram aparecendo para dar aquela mãozinha, com um material, uma ferramenta, ou uma dica”, conta Iago. Para ele, motivava observar a empolgação de todos aumentando, na medida em que os resultados estavam aparecendo. “Foi muito gratificante. Eles merecem”, complementa.

A horta voltou a fornecer plantas para uma xícara de chá fresquinho, e também foi transformada num refúgio para a equipe da unidade, em seu intervalo de descanso. Segundo a coordenadora Elisabete da Silva Dias, o ambiente faz um convite para respirar e aliviar a alma, após os atendimentos às famílias que, diariamente, procuram o CRAS com situações de vulnerabilidades sociais diversas.

“Quando o serviço de convivência for retomado, os participantes terão um local ainda melhor. Agradecemos ao Iago e todos que se envolveram”, comenta Elisabete.

Prefeitura de Joinville/Divulgação
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo