Câmara de Joinville vai enviar moção ao ministro Alexandre de Moraes

Texto é de autoria de 18 vereadores

Câmara de Joinville vai enviar moção ao ministro Alexandre de Moraes

Texto é de autoria de 18 vereadores

Redação

Em sessão realizada nesta terça-feira, 22, a Câmara de Vereadores de Joinville aprovou uma moção que deve ser enviada ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Alexandre de Moraes.

O texto, assinado por 18 vereadores, pede que Moraes “observe a harmonia entre os poderes da República e como guardião da Constituição garanta o direito fundamental à liberdade de expressão e pensamento”.

Todos os vereadores presentes na sessão aprovaram a moção, com exceção da vereadora Ana Lucia (PT), que não assina o documento e se manifestou contrária à aprovação.

Nas redes sociais, vereadores se manifestaram sobre a aprovação da moção. “Contra a censura e a favor do direito fundamental à liberdade de expressão e pensamento”, escreveu Wilian Tonezi (Patriota).

O vereador Brandel Junior (Podemos), também se manifestou. Ele acusa Moraes de liderar uma censura.

Sales (PTB) publicou que a moção é “pelos atos de censura e de violação ao direito de liberdade de expressão à cidadãos, parlamentares e influenciadores digitais”.

Leia também:
1. Cedup oferece vagas remanescentes para cursos técnicos gratuitos em Joinville
2. Mais de 200 mulheres são vítimas de violência em Joinville em 2022; veja dados
3. Prefeitura de Joinville abre processo seletivo para estágio remunerado
4. Manutenção de ruas do Centro em horários noturnos vira lei em Joinville
5. Operação contra grupo que usava site para lavagem de dinheiro em SC cumpre mandado em Joinville

– Assista agora:
Confira dicas para decorar sua árvore de Natal e fazer laços decorativos

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo