+

Cativeiro de criança raptada em Palhoça tinha fezes misturadas com roupas; saiba detalhes

Casal foi preso em flagrante após Polícia Civil localizar os autores do crime

Cativeiro de criança raptada em Palhoça tinha fezes misturadas com roupas; saiba detalhes

Casal foi preso em flagrante após Polícia Civil localizar os autores do crime

Redação O Município Joinville

A Polícia Civil de Florianópolis realizou uma coletiva na manhã deste domingo, 20, para informar os detalhes da investigação e localização da menina que foi raptada em Palhoça. A criança, que tem 3 anos, foi encontrada na manhã deste domingo em uma casa na região da Cachoeira do Bom Jesus, no Norte da Ilha, em Florianópolis. No local havia fezes de animais misturadas com roupas, segundo a polícia.

A polícia localizou a casa onde a criança estava por volta das 3h. O casal foi preso em flagrante por sequestro qualificado.

Segundo a Polícia Civil, informações sobre o paradeiro da menina foram recebidas durante a madrugada deste domingo. Os agentes da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) de Palhoça e os policiais civis de Florianópolis se deslocaram ao local.

Resistência à prisão

Chamou atenção dos policiais o carro que estava na frente da casa e tinha as mesmas características do veículo utilizado no sequestro da menina. Segundo vizinhos informaram à polícia, um Gol branco havia se aproximado da casa da vítima.

Polícia Civil/Divulgação

Os policiais entraram na casa e encontraram um homem no piso térreo da casa. Ele resistiu à prisão e precisou ser imobilizado. “Ele foi indagado se havia alguém na casa e, primeiro, disse que estava sozinho. Depois insistiram e ele disse que estava com a esposa. Em um terceiro momento, ele disse que havia uma menina que eles estavam cuidando”, informou o delegado da Dpcami, Fábio Pereira.

Os policiais encontraram a menina no piso superior da casa no colo da mulher. “Ela não soltava a criança de maneira alguma. Foi dado comando para que ela largasse a criança e ela não atendia”, afirma o delegado.

Os policiais conseguiram tomar a criança e conter os autores do crime. O casal foi preso em flagrante e autuado por sequestro qualificado, pois a vítima é menor de 18 anos. Eles foram conduzidos à Dpcami de Palhoça para prestarem depoimento.

Conforme informações da Polícia Civil, a criança estava assustada quando foi localizada. “Percebia-se que ele não queria permanecer com o casal”, pontua.

Polícia Civil/Divulgação

Segundo o delegado João Fleury, da Delegacia de Combate ao Crime Organizado da Capital, após o resgate a menina demonstrou alegria com os policiais. “Ela se emocionou um pouco, mas depois foi dando risada. Inclusive, disse que éramos os super-heróis dela”,

Péssimas condições

Na casa onde a menina foi mantida em cativeiro os policiais encontraram “brinquedos macabros e bonecas pintadas, como se fosse filme de terror”. Eles ainda informaram que havia uma bagunça generalizada, fezes de animais misturadas com roupas de criança e que não havia condições de estadia no local.

O inquérito do caso deve ser concluído em 10 dias pela Polícia Civil. As informações sobre a motivação do sequestro e mais detalhes sobre os autores do crime não foram divulgadas.


Receba notícias no seu WhatsApp: basta clicar aqui para entrar no grupo do jornal

Clique aqui e inscreva-se no canal no YouTube do jornal O Município Joinville. Vem muita novidade por aí!

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo