+

Com golaço de falta no fim, JEC bate Inter de Lages e vence a primeira no Catarinense

Tricolor teve novamente que jogar com um jogador a menos, mas venceu com golaço de Lucas de Sá

Com golaço de falta no fim, JEC bate Inter de Lages e vence a primeira no Catarinense

Tricolor teve novamente que jogar com um jogador a menos, mas venceu com golaço de Lucas de Sá

Bernardo Gonçalves

Mesmo com um a menos em todo o segundo tempo, o JEC venceu o Inter de Lages pelo placar de 2 a 1 neste domingo, 28, na Arena Joinville, pela terceira rodada do Catarinense. A vitória veio nos minutos finais da partida em golaço de falta de Lucas de Sá. O outro gol do tricolor foi marcado por Vitor Leque. Já pelo lado do Leão Baio marcou Venícius.

JEC pressiona

Em casa e com apoio da torcida, o JEC começou o jogo pressionando o Inter de Lages já no campo de ataque e teve a primeira chance já aos três minutos. Após roubada de bola de Vitor Leque, a bola caiu nos pés de Guilherme Cachoeira na entrada da área. Ele chutou de perna direita de primeira e o goleiro do Inter de Lages fez ótimo defesa.

Mesmo com a pressão, o tricolor conseguiu só outra boa oportunidade aos 16 com Guilherme Cachoeira em chute de fora da área pelo lado direito de ataque. A bola passou por cima do gol.

A primeira chegada do Inter de Lages foi somente aos 23 minutos, quando a bola sobrou na entrada da pequena área para Wesley. Ele chutou de perna direita, mas a bola foi para fora. Cinco minutos depois, em bate rebate novamente na área, a bola caiu nos pés de Gabriel Costa. Ele chutou, mas também jogou por cima do gol.

Gol perdido

Já aos 30 minutos, o JEC perdeu uma grande chance de abrir o placar. Após roubar bola novamente no campo de ataque, o Coelho saiu na cara do gol com três jogadores contra dois do Inter de Lages. Guilherme Cachoeira passou bola para Kadu, que chegou de atrás, mas atrasado, e chutou desequilibrado para fora.

JEC abre o placar

Dois minutos depois, o tricolor conseguiu outra oportunidade e desta vez aproveitou. Vitor Leque recebeu passe de cabeça de Marcus Vinícius pelo lado direito de ataque. Ele encarou a marcação, puxou para a perna direita e chutou da entrada da área. A bola foi no canto esquerdo do goleiro Rodrigo Josviaki, que tentou encaixar e deixou a bola passar por baixo. 1 a 1.

Após o gol, JEC teve duas chances para ampliar o placar. Mas goleiro Rodrigo Josviaki fez duas ótimas defesas e salvou o clube da Serra Catarinense.

Mais uma expulsão

Três minutos depois, o JEC teve novamente o pesadelo de ter um jogador expulso. O Inter de Lages sairia em contra-ataque aos 35 minutos, mas Marcus Vinícius fez falta dura no campo de defesa por trás e foi expulso. Foi a quarta expulsão do time em três jogos no estadual.

O empate

Com liberdade pelo lado esquerdo com a expulsão de Marcus Vinícius, Baianinho, ex-JEC, aproveitou a sobra na área aos 39. Ele cruzou para Venícius, que só empurrou para o fundo das redes e empatar a partida. 1 a 1.

Mesmo com a menos, o JEC se segurou nos minutos finais do primeiro tempo e jogo foi para o intervalo empatado.

Segundo tempo com mudanças

Com um a menos, o técnico do JEC, Fabinho Santos, voltou para o segundo tempo com três substituições. Do outro lado, o Inter de Lages trocou uma vez.

E a primeira chance da segunda etapa foi da equipe visitante. Logo aos dois minutos, Marcelinho chutou da entrada da área. A bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro Glauco e quase entrou.

Porém, após isso, o jogo ficou travado e truncado por bons minutos. Tanto o JEC como o Inter de Lages tentavam chutes de fora da área, mas ambas as equipes pecavam na pontaria.

Já aos 36 minutos, em mais um chute de fora da área do Inter de Lages feito por Marcelinho, a bola desviou e assustou o goleiro Glauco.

Na defensiva, o JEC tentava sair em contra-ataques, mas pecava nos últimos passes perto da área. E se com bola rolando não tava sendo eficiente, a alternativa foi a bola parada.

Golaço da vitória

Entre chute dos dois lados, um entrou. E foi do JEC. Aos 44, Lucas de Sá, que entrou após intervalo, cobrou falta da intermediária de ataque. Ele soltou a bomba direta no gol e o goleiro do Inter de Lages, que estava mal posicionado, aceitou. 2 a 1 JEC com um a menos e primeira vitória garantida.

Nos minutos finais, ainda deu tempo de Baianinho ser expulso por reclamação acintosa com o bandeirinha do jogo.

Como fica

Com resultados da rodada, o JEC ficou em sexto lugar, com quatro pontos. São uma vitória, um empate e uma derrota. O Marcílio Dias, que perdeu para o Barra, abre o G-4 com seis pontos.

Próxima rodada

Na quarta rodada, o JEC viaja ao Sul do estado para enfrentar o Hercílio Luz. A partida acontecerá na quinta-feira, 1º, às 21h30, no estádio Aníbal Torres Costa.

JEC x Inter de Lages

JEC: Glauco; Lucas Mendes (Bernardo), Carlos Alexandre, Zé Alisson e Marcus Vinicius; Yalle (Antônio Porto), Kadu (Danilo Matielo) e Muriqui (Lucas de Sá); Guilherme Cachoeira, Vitor Leque (Warley) e Yuri Mamute.

Técnico: Fabinho Santos

Inter de Lages: Rodrigo Josviaki; Júlio Ferrari, Diogo Rangel, Caio Sena e Gabriel Costa (Danilo Pires); Bruno Sena (Calebe), Felipe Favero e Marcelinho; Baianinho, Venícius (Renílson) e Wesley (Biel).

Técnico: Evandro Guimarães

Gols: Vitor Leque (JEC), Venícius (Inter de Lages) e Lucas de Sá (JEC).

Cartões amarelos: Venícius (Inter de Lages), Bruno Sena (Inter de Lages), Kadu (JEC), Glauco (JEC), Calebe (Inter de Lages), Evandro Guimarães (técnico Inter de Lages), Caio Sena (Inter de Lages) e Carlos Alexandre (JEC).

Cartões vermelhos: Marcus Vinícius (JEC) e Baianinho (Inter de Lages).

Arbitragem

Árbitro: Rafael Traci (FIFA)
Assistente 1: Laurindo Schaeffer Bianchezzi (CBF)
Assistente 2: Mauro Ricardo Oliveira Alves da Luz (CBF)
Quarto árbitro: Halisson Eliabe Alves (FCF)

Público e renda

Público: 3.755 pessoas
Renda bruta: R$ 86.275 mil


Assista agora mesmo!

PINK LEMONADE SAUDÁVEL: DRINK SEM ÁLCOOL PARA REFRESCAR O SEU VERÃO:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo