Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Com popularidade em queda, Lula prepara incursões em estados bolsonaristas

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Com popularidade em queda, Lula prepara incursões em estados bolsonaristas

Raul Sartori

Território inimigo
Com popularidade em queda, Lula prepara incursões em Estados predominantemente bolsonaristas. Para anúncios e entrega de obras, por estes dias visitará Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Goiás. SC ainda não está no mapa.

Números da economia
O governador Jorginho Mello festeja os novos dados da economia de SC, que cresceu 3,7% no ano passado, superando o do país, de 2,9%. Mais: SC voltou a ter a menor taxa de desocupação do país no último trimestre do ano passado, de 3,2%, em comparação com a média nacional, de 7,4%. Tem também o maior percentual nacional de trabalhadores do setor privado com carteira assinada, e o menor na informalidade, de subutilização da força de trabalho e o menor percentual de desalentados.

Água ou asfalto?
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou projeto do deputado Valdir Cobalchini (MDB-SC) que obriga os municípios a implantarem redes e galerias subterrâneas de água pluvial antes de pavimentar as ruas, evitando assim que o asfalto seja refeito. A implantação das redes será feita sempre que a medida for tecnicamente recomendável.

Lei estadual
Enquanto municípios como Florianópolis e São José já tem leis prevendo a internação involuntária para tratamento e recuperação de dependentes químicos, principalmente em situação de rua, SC poderá ter uma lei de âmbito estadual. Projeto com tal sentido, do deputado Ivan Naatz (PL) está em trâmite no Legislativo, e uma primeira e ampla audiência pública foi agendada para dia 2 de abril.

Ponto de descanso
Apesar da cobrança da classe política de SC, especialmente do senador Esperidião Amin, o Ministério dos Transportes não mostra ter pressa alguma na inauguração do primeiro ponto de descanso para motoristas construído em SC, em Palhoça. A obra, esperada há 10 anos, está totalmente pronta. A Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística do Estado está impaciente.

Código Civil
O deputado estadual Antídio Lunelli (MDB) prevê aberrações se for adiante, como está sendo divulgado, o projeto do novo Código Civil, a cargo de uma comissão de juristas convocada pelo presidente do Senador, Rodrigo Pacheco. Um dos dispositivos propostos prevê que o pai perderá na Justiça a guarda do filho caso submeta-o a qualquer tipo de violência psíquica. Assim, raciocina o deputado, o juiz pode entender que causou trauma por não deixar o filho no celular o dia inteiro. Pensando bem…

Direitos humanos
As leis municipais recentes em SC para internação compulsória de moradores de rua se transformaram em várias denúncias no Conselho Nacional de Direitos Humanos. Parte delas, se imagina, dos que não querem que o problema seja resolvido.

Perdeu
Instituição que tem a marca da chantagem contra a população de Florianópolis, principalmente quanto ao recolhimento do lixo, o manjado Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Sitrasem) da Capital perdeu mais uma: sua oportunista (mais uma) greve, foi declarada ilegal pela Justiça.

Cães de faro
A Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) solicitou nos últimos dias 12 cães de faro para os governos de SC, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão e Ceará, na tentativa de conseguir o paradeiro dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, alvo de buscas há um mês.

Bandidagem
Deflagrada em SC em fevereiro de 2023, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), a Operação Maserati II tem números impressionantes: gerou 251 condenações. Dos réus, 78 foram condenados a penas superiores a 20 anos de prisão; a pena máxima aplicada a um único réu foi de 86 anos, e as penas somadas ultrapassam 4.470 anos. Além da prisão, os réus foram condenados ao pagamento de multas que somam mais de R$ 4,8 milhões.

Retificação
Toni Nicolas Bado é torcedor do Clube Atlético Carlos Renaux, de Brusque, o vovô do futebol catarinense, onde foi dirigente de 1997 a 2004. Nada a ver com o Brusque FC.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo