+

“Começo de colapso”, diz senador sobre situação da BR-101 em Joinville

Representantes da ANTT devem vir a Florianópolis neste mês

“Começo de colapso”, diz senador sobre situação da BR-101 em Joinville

Representantes da ANTT devem vir a Florianópolis neste mês

Thiago Facchini

O senador Esperidião Amin (PP-SC) participou de uma reunião na sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília, em que criticou a situação da BR-101 em Joinville. O encontro aconteceu no dia 31 de maio.

Pelo Instagram, o senador escreveu que a discussão teve como objetivo tratar de melhorias nas condições de tráfego no trecho norte da rodovia em Joinville. A situação da BR-101 em Itajaí, no Litoral catarinense, também foi discutida.

“O nível de serviços que hoje é oferecido nas regiões de Itajaí e Joinville pela BR-101 é horrível. Nós já estamos vivendo um começo de colapso”, afirma. A audiência foi conduzida pelo diretor-geral da ANTT, Rafael Vitale.

Amin detalha que as obras emergenciais para atender as duas regiões já estão sendo listadas. Segundo o senador, o orçamento será feito em junho para que, no mesmo mês ou no começo de agosto, sejam realizadas reuniões que permitam dar os andamentos necessários.

“Nos próximos dias vamos cobrar os próximos eventos e buscar soluções efetivas para esse verdadeiro drama que nós estamos vivendo na BR-101 e na economia catarinense”, complementa Amin.

ANTT em Florianópolis

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) também participou da reunião, representada pelo engenheiro Egídio Martorano.

Conforme a entidade, representantes da agência virão a Florianópolis no dia 19 de junho para conhecer uma proposta da Arteris Litoral Sul, concessionária da BR-101.

A Arteris deve propor no encontro a realização de obras nos trechos mais críticos da rodovia catarinense, especialmente nas regiões entre Itapema e Navegantes, no Litoral catarinense; e em pontos em Araquari e Joinville.

“Foi uma reunião fundamental para reforçarmos à ANTT que precisamos de obras emergenciais para melhorar a segurança e a trafegabilidade da rodovia, que é um corredor logístico estratégico”, afirma o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.


Assista agora mesmo!

Palácio Episcopal foi construído para primeiro bispo de Joinville, inspirado no estilo barroco:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo