+

Conheça piloto joinvilense que é campeão brasileiro de kart e vai disputar mundial

Roberto Wuthstrack Junior participará da primeira competição internacional da carreira

Conheça piloto joinvilense que é campeão brasileiro de kart e vai disputar mundial

Roberto Wuthstrack Junior participará da primeira competição internacional da carreira

Fred Romano

O piloto joinvilense Roberto Wuthstrack Junior, de 31 anos, vai disputar o Campeonato Mundial de Kart 4 Tempos (T4 Nations Cup), em Valência, na Espanha. Natural de Joinville e campeão brasileiro de kart em 2021, Roberto se prepara para a competição que acontece entre os dias 30 de setembro de 2 de outubro.

Com uma equipe totalmente joinvilense e muito planejamento, o piloto participará de sua primeira competição internacional. Wuthstrack compete desde os 13 anos, mas o primeiro kart que ganhou foi aos 8 anos, como presente de Natal.

O pai dele, que também pilotava kart, aconselhou que para o filho começar a competir, era necessário que ele treinasse e ganhasse experiência nas pistas.

O primeiro título veio depois de dois anos da estreia em competições. Em 2006, Roberto conquistou um campeonato citadino em Joinville e, a partir da conquista, o pai parou de pilotar para investir na carreira do filho.

Campeão brasileiro

Após ganhar três vezes o Campeonato Citadino de Joinville, Roberto decidiu que era hora de dar um passo maior na carreira. Em 2012, ele começou a competir pelo Campeonato Brasileiro de Kart. Logo no ano de estreia, alcançou a terceira posição.

Após altos e baixos, na décima participação no campeonato, o joinvilense conquistou, de forma invicta, o Campeonato Brasileiro de Kart de 2021, na categoria F4 Sênior, que é para pilotos com mais de 30 anos. No ano anterior, ele já havia vencido o Campeonato Sul Brasileiro de Kart.

Gilmar Rose | Roberto com o troféu de campeão brasileiro de kart

Com relação aos karts utilizados, em 2021, quando foi campeão brasileiro, Roberto e a equipe traçaram um planejamento para ele utilizar dois karts, um para os treinos e outro para a competição. Porém, neste ano em que competirá no mundial, ele usará o mesmo veículo para treinar e competir.

Apesar do sucesso, Roberto conta que o investimento muitas vezes sai do próprio bolso e o kart acaba se tornando um “hobby profissional”. O piloto joinvilense concilia a vida de empresário, como sócio e administrador de uma empresa de contabilidade, com a rotina de treinos e competições. “Trabalho até meio-dia e depois vou para o treino, ou treino e depois vou para o trabalho”, relata.

Treino e rotina

Atualmente, na preparação para o campeonato mundial, Roberto treina uma vez por semana em pista. O Kartódromo Internacional Beto Carrero é o local escolhido na maioria das vezes para os treinos.

Mas para além dos treinos na pista, Roberto precisa estar bem preparado fisicamente. Ele conta que realiza treinos especiais com um personal trainer durante a semana.

“Precisa ter uma capacidade de respiração muito grande”, comenta. Ele explica que até mesmo a forma de respirar influencia no resultado nas pistas.

O pilota ainda fala sobre o desgaste físico e relembra que em uma corrida, em que pilotou por mais de oito horas, revezando com outros pilotos, chegou a perder cinco quilos.

Por conta da estrutura do kart, a parte do corpo de um piloto que mais sofre é a costela. Esta é a única parte que Roberto já fraturou. “Já capotei, tive uma batida em que estava a 90 km/h e nunca quebrei um dedo”, comenta. Mas para isso, Roberto justifica que é importante ter sempre os equipamentos em dia. O macacão, capacete, sapatilhas e protetor de costelas utilizados têm data de validade.

Corrida contra Rubinho

Apesar de o pai de Roberto ser o maior apoiador e maior influência na carreira dele como piloto, o joinvilense também tem outros dois ídolos no automobilismo: Ayrton Senna e Rubens Barrichello.

E com Rubinho, o piloto de Joinville já dividiu as pistas. Em 2018, ele participou das 500 Milhas de Kart da Granja Viana, em São Paulo (SP), uma corrida com 12 horas de duração em que participam pilotos de todas as principais categorias do automobilismo mundial, como Fórmula 1, Stock Car, Nascar e Formula Indy. A equipe do joinvilense ficou em quarto lugar, apenas uma colocação atrás da equipe do Rubinho.

Foto: Gilmar Rose | Roberto disputando as 500 Milhas

Confira a lista de títulos:

  • Campeão Brasileiro – 2021
  • Campeão Sul Brasileiro – 2020
  • Campeão Top Kart Brasil – 2014
  • Tricampeão Citadino de Joinville – 2006, 2008 e 2009
  • Tetracampeão Copa SPR – 2016, 2017, 2020 e 2021

Campanhas de destaque:

  • 3º Lugar Campeonato Brasileiro – 2012 e 2016
  • Vice Campeão Catarinense – 2014, 2015 e 2016
  • 8 Participações nas 500 Milhas da Granja Viana
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo