+

Coronavírus: conheça iniciativas da região que colaboram com a produção de equipamentos para proteção

Entre as iniciativas estão produções de máscaras, impressões 3D e álcool em gel, por exemplo

Coronavírus: conheça iniciativas da região que colaboram com a produção de equipamentos para proteção

Entre as iniciativas estão produções de máscaras, impressões 3D e álcool em gel, por exemplo

Fernanda Silva

Diversas entidades da região, como empresas e universidades, têm trabalhado em equipamentos que possam contribuir na prevenção contra o novo coronavírus (covid-19). Entre as produções estão as impressões 3D, confecção de máscaras e álcool em gel.

Fab Lab

Em parceria com outras empresas e diversos voluntários, a Fab Lab está produzindo máscaras (face shiel) em impressoras 3D, dividas em três partes: estrutura, viseira e elástico.

As estruturas são fabricadas junto dos demais voluntários da comunidade em geral. Já a viseira está sendo doada pela Plastibras e o elástico pelo grupo Romãs.

No momento, a empresa também está testando a produção de respiradores, que devem auxiliar os profissionais de saúde caso haja complicações respiratórias nos pacientes. A Fab Lab conta que, assim que os testes forem finalizados, o material será entregue aos hospitais de Joinville.

UFSC

Alunos e professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) têm produzido máscaras plásticas de proteção para serem usadas por motoristas e garis. Os voluntários utilizam impressão 3D.

Para proteger os profissionais que estão produzindo os itens, tudo é feito nas casas dos estudantes e professores. O objetivo é produzir 200 máscaras por dia com ajuda de voluntários.

Os recursos para a compra de impressora 3D, máquina de corte a laser e máquina CNC (também para produção de modelos), além de treinamento dos profissionais, foram dados pela Fapesc.

IFC

Servidores do Instituto Federal Catarinense (IFC) estão trabalhando na produção de álcool em gel 70%; produção de máscaras em impressoras 3D para profissionais da saúde; doação de alimentos produzidos nos campi agrícolas, entre outras iniciativas.

A reitoria da instituição enviou um ofício ao Estado os espaços físicos dos campus para serem utilizados como apoio aos profissionais de saúde com a preparação e fornecimento de refeições e na triagem e acompanhamento de pacientes, por exemplo. Na região, o IFC possui campi em Araquari, São Bento do Sul e São Francisco do Sul.

Senai

O Instituto SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura, de Joinville, recebeu 14 equipamentos e está realizando consertos de ventiladores pulmonares que estavam fora de operação.

Esta é uma ação nacional da entidade, que integra a FIESC e está realizando as ações em parceria da Associação Catarinense de Medicina (ACM).

O médico Ademar José de Oliveira Paes Junior, presidente da ACM, estima que somente em Santa Catarina haverá um déficit de 200 a 300 respiradores, num cenário de cooperação das pessoas com o isolamento.

Além da ação, profissionais do SENAIS desenvolveram fichas técnicas, normas e regulamentos para auxiliar empresas e fábricas na produção de aventais, álcool em gel ou líquido, máscaras e proteção facial. Os documentos estão publicados no site observatoriofiesc.com.br/suporte-producao-de-epi.

Heroyz

A marca de roupas Heroyz, que representa os bombeiros voluntários e capta recursos para as corporações, desenvolveu um modelo de máscara reutilizável para auxiliar nas ações de redução da propagação do coronavírus.

As máscaras serão vendidas em packs com três unidades a partir desta terça-feira, 31. Inicialmente, o produto será comercializado em parceria com o Supermercado Rodrigues, bairro Aventureiro, em Joinville.

No kit será disponibilizado também um manual com as orientações para uso e reuso. As principais dicas para quem optar pelo modelo de tecido é lavar e secar antes e depois de utilizar, a cada duas horas, com sabão neutro, além de passar a ferro acima de 60ºC após estar seca. A Heroyz também está em negociação para disponibilizar os kits em grandes redes de supermercados no país.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo