+

Covid-19: Hospital Regional de Joinville recebe 20 novos leitos de UTI

A previsão é para que dez vagas sejam abertas na próxima terça-feira, 22

Covid-19: Hospital Regional de Joinville recebe 20 novos leitos de UTI

A previsão é para que dez vagas sejam abertas na próxima terça-feira, 22

Fernanda Silva

O Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, de Joinville, receberá 20 novos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 nos próximos dias. Das novas vagas, dez devem estar aptas a atender pacientes já na próxima segunda-feira, 22. A outra metade será instalada nos dias seguintes, mas sem data confirmada.

A informação foi confirmada durante visita do secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, que veio visitar os hospitais da região nesta terça-feira, 16.

“Os novos leitos são uma conquista porque poderemos fazer mais atendimentos. Agradecemos à Secretaria de Saúde que veio até a cidade para ajudar na preparação para as novas vagas”, destaca o prefeito Adriano Silva.

Durante sua passagem por Joinville, Motta visitou as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) que estão sendo utilizadas como hospital de campanha. “Bem estruturadas, com leitos de semi-intensivos que podem atender o paciente pelo tempo que for necessário”, comenta.

Fernanda Silva/O Município Joinville

Atualmente, 23 pacientes graves estão internados na terapia semi-intensiva e aguardam transferência para as UTIs. O prefeito destaca que, apesar disto, todas as pessoas estão recebendo assistência médica, sendo intubadas e utilizando respiradores.

Com a abertura de novos leitos, há necessidade da compra de mais insumos e contratação de profissionais da área. De acordo com Motta, as contratações ficarão sob responsabilidade de uma parceria entre o Estado e rede privada de saúde. Para que não falte insumo, Adriano afirma que uma nova compra de materiais já foi realizada pelo município.

Além de Joinville, Rio Negrinho também receberá leitos de UTI para atender a população na região. Atualmente, a cidade não possui nenhuma vaga de terapia intensiva para a Covid-19. A previsão é de que cinco leitos sejam abertos também na segunda-feira e outros cinco, em data próxima.

Vacinação

Nesta terça-feira, 16, chegam a Santa Catarina mais 147,4 mil doses de vacinas, que deverão ser aplicadas em trabalhadores da saúde e idosos entre 75 e 79 anos. O secretário de Estado da Saúde pede que os municípios agilizem as imunizações assim que as receberem.

Motta avalia a vacinação no Estado e as divide em dois momentos. No início, ele acredita que as aplicações das doses foram lentas, mas que isto aconteceu como um reflexo de terem iniciado uma nova campanha. Agora, ele vê que há mais agilidade na imunização, porém, afirma que as cidades ainda podem melhorar a velocidade e garantir que mais pessoas sejam vacinas em um curto período de tempo.

Restrições

Não há previsão para mais medidas restritivas no estado, segundo o secretário. Atualmente, Santa Catarina está restringido o funcionamento dos serviços durante o fim de semana. Motta explica que as contaminações aumentam neste período por conta da circulação de pessoas em espaços de lazer. Por isso, foi optado por fazer este tipo de restrição.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a nova variante brasileira, chamada de P1 é ainda mais transmissível. As pessoas identificadas com a variante apresentam carga viral mais alta nas vias aéreas superiores em relação ao vírus original, o que faz com que se dissipe mais facilmente numa tosse ou espirro, por exemplo.

Para evitar que haja uma maior circulação de pessoas e, consequentemente, mais pacientes com Covid-19, o prefeito de Joinville, faz novamente um apelo à população da cidade. “Nós precisamos fazer a nossa parte, não fazer aglomeração”, diz.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo