+

Eleições no JEC: conheça a chapa “JEC Autossustentável”, presidida por Charles Fischer

Sócios do Joinville vão às urnas nesta quarta-feira, 9, para escolher a nova diretoria do clube

Eleições no JEC: conheça a chapa “JEC Autossustentável”, presidida por Charles Fischer

Sócios do Joinville vão às urnas nesta quarta-feira, 9, para escolher a nova diretoria do clube

Lucas Koehler

Nesta quarta-feira, 9, os 2.014 sócios ativos do Joinville vão às urnas para escolher o novo presidente e a nova diretoria do clube. As chapas “JEC Autossustentável” e “JEC50” disputam a corrida eleitoral.

A eleição será realizada das 9h às 20 horas, em formato drive-thru, na Arena Joinville. O mandato será de 2021 a 2022.

Candidato a presidente pela chapa JEC Autossustentável, Charles Fisher afirma que aceitou o desafio para dar continuidade aos trabalhos da atual diretoria que, segundo ele, assumiu o clube quando o Joinville estava prestes a fechar as portas.

O comunicador ressalta que, quando a atual gestão iniciou o mandato, o JEC estava com quatro meses de salários atrasados, contas bancárias frequentemente bloqueadas, credores diariamente batendo na porta do clube para receber e jogadores dispensados sem pagamento de rescisões.

“Não tínhamos um elenco de profissionais, apenas alguns atletas se recuperando de contusões, alguns emprestados e outros em casa”, lamenta.

Ele destaca a mudança, um ano depois, através de um modelo de gestão classificado como eficiente, responsável e inovadora.

“Com muito trabalho e dedicação desse grupo de torcedores do clube, estamos conseguindo muitos progressos, mesmo em tempos de pandemia”, analisa.

Com uma equipe formada apenas por voluntários, Charles conta que a chapa preza por uma filosofia de autossustentabilidade, onde o clube não dependa de pessoas, mas sim de suas próprias receitas.

A ideia é modernizar o clube nas suas práticas de gestão, dando total transparência das informações financeiras.

Ao lado do comunicador, a chapa ainda tem Vanderlei Neuman (vice-presidência), Fernanda Petry (administrativo), Karpano Melo (financeiro).

Além disso, Luiz Fernando Bublitz (planejamento), José Acácio Piccinini (jurídico) Leonardo Roesler (futebol), Augusto Oliveira (diretor técnico) e Luís Carlos Guedes (CEO).

Para o candidato a presidente, o grupo tem um ponto em comum: a paixão pelo JEC.

Os critérios para os membros entrarem na chapa é que fosse possível reunir profissionais que estão liderando projetos em diversas áreas do clube.

As ações atuais, como elaboração de cursos de treinamento, palestras motivacionais, programas de formação de profissionais e projetos de modernização, segurança e manutenção do Centro de Treinamento (CT) foram alguns requisitos.

Propostas

O programa “JEC Sustentável” tem sete pilares de gestão:

  • Reestruturação da governança corporativa do clube, com implantação de políticas e processos de gestão que permitam solidez e credibilidade para o futuro do clube;
  • Políticas financeiras rigorosas com relação ao equilíbrio nas contas do clube. Não ter despesas maiores que as receitas, permitindo colocar os salários em dia;
  • Estruturação de um projeto de longo prazo para o futebol profissional, com auxílio de uma consultoria já selecionada, que nos permitirá ter um planejamento de todas as etapas do “negócio” futebol;
  • Para o futebol de base: projeto “DNA do JEC”, que consiste em uma expansão do relacionamento com escolinhas de futebol da região Norte de Santa Catarina. Concessão de franquias do JEC para escolinhas de futebol, que terão a supervisão e orientação técnica realizada por profissionais do clube;
  • Ampliação e modernização do patrimônio do clube, que tem como objetivos principais a ampliação da área para a prática do futebol no CT, por sua melhor ocupação, e a sua transformação em um Centro de Excelência para o desenvolvimento do futebol.
  • Criação de uma rede de parceiros nacionais e internacionais, com projeto em andamento em que se objetiva ter representantes do JEC em todas as áreas importantes onde se localiza a “indústria do futebol”. Esta será uma das importantes fontes de recursos do clube.
  • Projeto “Arena do JEC”. Através de parcerias entre a Prefeitura de Joinville, iniciativa privada e o JEC, desenvolver um projeto em que a Arena Joinville fique sob sessão de comodato com o clube e passe a ser uma das principais fontes de recursos.

Charles afirma que a sua chapa não fará projetos que aumentem as dívidas do clube. Segundo ele, as dívidas estão sendo negociadas, alongadas e enquadradas em uma matemática financeira que permitirá ao clube honrar com os compromissos.

Futuro do clube

Com o sonho de retornar às primeiras divisões do futebol nacional, a JEC Autossustentável acredita que só com o clube estruturado poderá alcançar resultados expressivos dentro de campo.

“Estamos profissionalizando o clube na sua gestão administrativa e financeira. Temos um projeto para o futebol, com filosofias de trabalho, metas e consistência nas ações”, ressalta o candidato a presente.

Já para conquistar novos torcedores, Charles destaca o projeto “JEC nas escolas”, em que diretores da área social e atletas visitam escolas públicas, de bairros periféricos, para apresentar o clube, distribuir camisas e finalizando o encontro com um convite para assistirem, gratuitamente, um jogo na Arena com os pais.

Outro projeto já realizado pela chapa é o “Alfabetizando com o JEC”, no qual crianças aprendem números, letras e palavras relacionadas ao time.

E, pensando nos mais jovens, a atual diretoria incentivou a criação do JEC e-sports, levando o nome do time para disputas nacionais de videogame.

Expectativas

Para Charles Fischer, a expectativa é de que os sócios compareçam à Arena Joinville para votar e reconhecer que a atual diretoria está fazendo em benefício do clube, além da possibilitar a continuidade do projeto.

“Esperamos que os torcedores se identifiquem com o projeto. O amor pelo JEC nos motiva a trabalhar cada vez mais por dias melhores”, finaliza.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo