+

Empresa joinvilense inaugura centro de inovação; saiba o que será feito no local

Inauguração do Flow foi realizada nesta segunda-feira e contou com a presença de políticos e autoridades

Empresa joinvilense inaugura centro de inovação; saiba o que será feito no local

Inauguração do Flow foi realizada nesta segunda-feira e contou com a presença de políticos e autoridades

Bernardo Gonçalves | Revisão

A empresa joinvilense Docol realizou nesta segunda-feira, 7, a inauguração do Centro de Inovação Flow, local que comportará duas equipes da empresa para ampliação de novas pesquisas, desenvolvimento de produtos e inovação. O evento foi realizado no parque fabril, em Pirabeiraba.

Segundo o gerente de Inovação da Docol, Victor Henrique Fagundes, o Flow é um espaço onde funcionários dos setores de inovação e engenharia acompanham os avanços do mercado. “A Docol quer entregar mais do que estava entregando, então surgiu a ideia de tirar o time de inovação de dentro da fábrica para que de fato a gente consiga explorar o máximo desse time aqui. É o grande objetivo dessa área”, explica.

Segundo Guilherme Bertani, presidente da Docol, o investimento no Flow foi de R$ 3 milhões. O espaço possui laboratórios para o estudo de novos materiais, como torneiras e chuveiros, e também será utilizado para o desenvolvimento de novas ferramentas de design. “Esperamos que esse espaço estimule e fortaleça a cultura inovadora dentro e fora da companhia, além de impulsionar novas parcerias e atrair talentos da comunidade”, projeta.

Guilherme Bertani (centro), Adriano Silva (à dir.) e Marilsa Boehm durante inauguração oficial do centro de inovação Flow. | Foto: Docol/Divulgação

Ele acrescenta que o time de inovação, composto por mais de 30 profissionais de diferentes áreas do design e da engenharia, trabalha com a visão de futuro da empresa e atua em pesquisa e execução de projetos pioneiros, além de se dedicar ao aprimoramento dos produtos existentes.

“Nosso foco é trazer ao mercado soluções que ajudem as pessoas a utilizar a água da melhor forma possível e ofereçam praticidade e conforto”, completa.

Atualmente, a empresa dedica de 2% a 3% da receita em inovação. Um exemplo recente de produto inovador desenvolvido pelo empresa é torneira Doc Vox, que é acionada por comando de voz. Ou seja, é possível acionar ou interromper o fluxo de água sem as mãos.

Torneira Doc Vox, fabricada pela Docol. | Foto: Docol/Divulgação

Crescimento

Nos últimos três anos, a Docol alcançou um crescimento superior a 50%. “A estratégia de expansão de portfólio de produtos, baseada em inovação e na atuação global, deve manter a sequência de crescimento”, explica Fagundes.

“Estimamos produzir 16 milhões de peças neste ano. Os ganhos de produtividade são atribuídos às estratégias de negócios que foram amadurecendo e evoluindo nos últimos sete anos”, acrescenta Bertani.

A empresa aportou, aproximadamente, R$ 82 milhões em 2022 e planeja investir mais de R$ 200 milhões neste ano. Já o investimento previsto para os próximos cinco anos é de mais de R$ 1 bilhão.

A expansão e diversificação do negócio da Docol incluíram a construção de uma nova fábrica dedicada a louças em Poços de Caldas (MG) e a aquisição das fábricas de pias, cubas e tanques de inox da Franke Sistemas de Cozinhas do Brasil, em 2021, e do controle da Mekal, em 2019.


Assista agora mesmo!

Palacete Schlemm: a mansão de 1930 com detalhes criados por artista alemão:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo