+

Escola de Joinville ganha seis fósseis de 145 milhões de anos após viagem de aluno ao Ceará

Marcelo Ferreira, do 9º ano, viajou de Fusca com o pai até o Nordeste para conhecer um sítio paleontológico

Escola de Joinville ganha seis fósseis de 145 milhões de anos após viagem de aluno ao Ceará

Marcelo Ferreira, do 9º ano, viajou de Fusca com o pai até o Nordeste para conhecer um sítio paleontológico

Bernardo Gonçalves | Revisão

O Colégio Bonja, de Joinville, foi presentado com seis fósseis de animais que viveram na época dos dinossauros há mais de 145 milhões de anos. Os presentes foram dados pelo aluno do 9º ano da instituição, Marcelo Ferreira Gonçalves Júnior, de 15 anos, e o pai dele, Marcelo Ferreira Gonçalves, após uma viagem dos dois ao nordeste do Brasil.

Pai e filho foram à região para conhecer in loco os fósseis de animais, entre eles peixes e tronco de uma árvore fossilizada.

Fóssil de peixe. | Foto: Divulgação

Recentemente eles foram tema de uma reportagem do jornal O Município Joinville, quando partiram de fusca de Joinville rumo a Juazeiro do Norte (CE) com objetivo de conhecer a Bacia do Araripe, um sítio paleontológico.

Ao todo, eles percorrem oito mil quilômetros a bordo de um Fusca 95. No teto do veículo, instalaram uma réplica de pterossauro, confeccionada em isopor.

Fusca utilizado na viagem. | Foto: Divulgação

No sertão cearense, além de irem até a Bacia do Araripe e locais ao entorno, pai e filho conheceram o Museu de Paleontologia e o GeoPark do Araripe. Na oportunidade, eles ganharam os seis fósseis que serão repassados ao Colégio Bonja.

“O objetivo do meu filho foi aprofundar os conhecimentos sobre os dinossauros. Já o meu foco foi de fortalecer nossos laços e deixar uma história de herança e, além disso, mostrar para as pessoas o quanto é importante a relação familiar”, explica o pai, que é médico da saúde da família em Joinville.

Para o estudante, as férias deste ano foram totalmente diferentes das tradicionais. “Os dinossauros estavam apenas no meu imaginário. Na viagem, tive a oportunidade de tocar em um fóssil de peixe pela primeira vez. É incrível viver tudo isso”, expõe o estudante.

O coordenador do Bonja Connect, Felipe R. Lovemberger, agradeceu o material recebido servirá como suporte concreto para os alunos compreenderem a história da vida no planeta. “O Colégio agradece o recebimento do registro fóssil. Muito obrigado!”, finaliza.

Todo o percurso da aventura foi divulgado em plataformas digitais, como o canal do YouTube e Instagram (@paifilhoefusca95).

Leia também:
1. Homem é encontrado morto em área de mata em Joinville
2. VÍDEO – Acidente em Joinville deixa motociclistas gravemente feridos
3. Homem é encontrado morto com ferimentos de arma branca em Joinville
4. Estrada que dá acesso à praia de São Francisco do Sul ganha ciclovia de 3,2 quilômetros
5. Metalurgia 2023: feira acontece no mês de setembro, em Joinville


Assista agora mesmo!

Conheça o Palacete Dória em Joinville; local possui peças em bronze, prata e marfim:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo