+

Gaeco cumpre 30 mandados de prisão em combate à facção criminosa em Joinville e São Francisco do Sul

Além dos mandados de prisão, são cumpridos 53 mandados de busca e apreensão

Gaeco cumpre 30 mandados de prisão em combate à facção criminosa em Joinville e São Francisco do Sul

Além dos mandados de prisão, são cumpridos 53 mandados de busca e apreensão

Fred Romano | Revisão

Na manhã desta quarta-feira, 6, o Gaeco — Grupo de Combate às Organizações Criminosas — realizou a operação Purgatio, que apura a prática de crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e de homicídios. Foram cumpridos 30 mandados de prisão preventiva em Joinville, São Francisco do Sul e Balneário Piçarras.

O objetivo da operação, em apoio à investigação conduzida pela 2ª Promotoria de Justiça de São Francisco do Sul, além de cumprir os 30 mandados de prisão preventiva, foi cumprir 53 mandados de buscas em endereços de 47 pessoas investigadas.

Também são alvos de busca e apreensão e de prisão preventiva 15 internos do Sistema Prisional de Santa Catarina, distribuídos na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, Penitenciária Industrial de Joinville, Presídio Regional de Joinville e Presídio Regional de São Francisco do Sul. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara de Criminal de São Francisco do Sul.

Envolvidos no cumprimento das ordens judiciais, a operação conta com a atuação de 256 policiais e 99 viaturas. Além dos agentes que integram a força-tarefa, a operação contou com o apoio de:

  • Polícia Militar, por meio de 79 policiais militares das 5ª Região de Polícia Militar e dos 8ª, 17ª e 27ª Batalhões de Polícia Militar;
  • Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Joinville, com delegados e 60 policiais civis de Joinville, São Francisco do Sul, Jaraguá do Sul, Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, Canoinhas e São Bento do Sul, juntamente com o Núcleo de Operações com Cães;
  • Polícia Penal, com 35 policiais penais do Serviço de Operações e Escolta e do Grupo Tático de Intervenção;
  • Polícia Rodoviária Federal, por meio de 14 policiais federais do Núcleo de Operações Especiais e da Delegacia Regional de Joinville;
  • Bombeiros Militares de São Francisco do Sul.

Purgatio

Segundo o Ministério Público de Santa Catarina, o nome da operação faz a referência à “limpeza”, “purificação”, e relaciona o objetivo das investigações que, com a responsabilização penal dos envolvidos, espera-se que sejam retiradas das ruas a prática de crimes violentos na região da Babitonga.

Veja fotos da operação:

Leia também:
1. Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano, se envolve em grave acidente em Minas Gerais
2. Pela final do estadual, JEC Futsal enfrenta o Jaraguá nesta quarta-feira
3. Joinville: veja previsão do tempo para esta quarta-feira
4. Quadrilha especializada em furto de caminhonetes de luxo é alvo de operação em Barra Velha
5. Operação policial sequestra R$ 50 milhões em bens e cumpre mandados em São Francisco do Sul


Assista agora mesmo!

BOLO DE BANANA SAUDÁVEL: PODE COMER SEM CULPA!:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo