Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Governador Jorginho Mello se encontra com o presidente da Argentina, Javier Milei

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Governador Jorginho Mello se encontra com o presidente da Argentina, Javier Milei

Raul Sartori

Milei e SC
O governador Jorginho Mello foi o único governador brasileiro recebido pelo novo presidente da Argentina, Javier Milei, na véspera da posse, sábado, em Buenos Aires, quando entregou uma placa com a inscrição: “Javier Milei: também eleito presidente de Canasvieiras”, em alusão ao fato do balneário florianopolitano e a Ilha de SC receber em todo verão milhares de argentinos. A propósito: Milei afirmou, felicíssimo, que tem ótimas lembranças porque conhece e já esteve em Canasvieiras. Detalhes: o novo presidente argentino recebeu o governador de forma exclusiva; a Argentina é o único país que faz fronteira com SC; e Jorginho fez a viagem com recursos próprios, sem dinheiro público.

Turista inseguro
Os cônsules da Argentina e do Uruguai em Florianópolis expuseram a autoridades de SC as dificuldades que os turistas dos dois países enfrentam em território catarinense. Não é o assédio de pedintes e ambulantes, a exploração em bares, restaurantes, estacionamentos, borracharias, oficinas mecânicas, etc. O que eles tem medo mesmo é dos furtos e dos arrombamentos de seus veículos.

Coisas do poder
O escorregadio e inconfiável presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, comunicou a alguns “supremos” que a Proposta de Emenda Constitucional, já aprovada no Senado, que limitou as decisões monocráticas, só será encaminhada em 2024 à mais importante comissão da Casa, a de Constituição e Justiça que, diz o colunista Lauro Jardim, está prometida para ser comandada por Caroline de Toni, “uma deputada ultrabolsonarista” de SC.

Porre
Saiu uma lista das 10 piores bebidas brasileiras, eleitas a partir de levantamento da enciclopédia da gastronomia TasteAtlas, com 7.014 avaliações. Foram escolhidas sete: quentão, caipiroska, caju amigo, tucupi, cajuína, cachaça e catuaba. Esta última, a pior, é feita a partir de vinho tinto, infundida com guaraná e catuaba, uma planta brasileira frequentemente reverenciada por suas propriedades afrodisíacas.

Abuso
Certamente por apostar na impunidade – que não deu certo – uma empresa de Governador Celso Ramos construiu uma casa, muros, canalização de curso d’água, estacionamento, açude e até um campo de futebol, além de suprimir vegetação nativa. Nada demais se tudo não fosse sobre áreas de preservação permanente que levou, inclusive, ap fechamento do acesso publico à praia, que é bem de uso comum. Vai ter que demolir tudo, conforme decisão judicial federal da semana passada. Bem feito!

Corrupção 1
Essa praga que se chama corrupção foi e está sendo combatida em SC neste ano. A Polícia Civil intensificou ações em todo o Estado, fazendo 23 operações em 28 municípios, com 21 prisões nos 11 primeiros meses do ano. Cinco agentes públicos foram afastados dos cargos. Foram cumpridos 172 mandados de busca e apreensão, 115 pessoas indiciadas, sete veículos e dois imóveis sequestrados e 778 medidas cautelares cumpridas. A PCSC recebe denúncia por meio do whatsapp, pelo número 181; pelo site pc.sc.gov.br ou em até mesmo conversas nas delegacias de polícia.

Corrupção 2
Noutra frente de combate está o Ministério Público de SC, com seus grupos de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Anticorrupção, que realizaram 18 operações específicas, cumprindo 47 mandados de prisão e 380 mandados de busca. Neste ano, até agora, foram 517 ações – 274 na área cível e 243 na área criminal. Todas em defesa do patrimônio público em diversas frentes: dano ao erário, enriquecimento ilícito, corrupção passiva, peculato, prevaricação, concussão, entre outros ilícitos.

Corrupção 3
Enquanto em SC a questão da corrupção tem visível atenção, no âmbito federal a percepção é outra, lamentavelmente. Conforme o Datafolha revelou sábado, 59% dos brasileiros avaliam de forma negativa (ruim ou péssima) o combate à corrupção na gestão Lula. Socorro!

Pobreza extrema
O IBGE acaba de divulgar que SC tem o menor percentual de pessoas em pobreza extrema no Brasil, com apenas 1,8% da população nesta faixa. Esse percentual representa cerca de 136 mil pessoas. Vive em extrema pobreza que tem ou recebe US$ 2,15 por dia (cerca de R$ 11), conforme parâmetro definido pelo Banco Mundial.

Bola ao cesto
A Federação Catarinense de Basquetebol está conseguindo a simpatia de vários deputados estaduais para que, via projetos, se expanda a prática do esporte na modalidade 5×5 e 3×3 nas escolas publicas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo