+

Governo quer construir corredor litorâneo de Joinville a Grande Florianópolis

Obras terão custo de R$ 6 bilhões

Governo quer construir corredor litorâneo de Joinville a Grande Florianópolis

Obras terão custo de R$ 6 bilhões

Lucas Koehler

Durante a visita a Joinville na última terça-feira, 8, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (sem partido), apresentou o projeto do “novo corredor litorâneo”, que pretende ser uma rodovia paralela à BR-101, ligando Joinville e Biguaçu, no contorno viário da Grande Florianópolis.

Com custo de R$ 6 bilhões, a nova estrada deverá contar com seis pistas, sendo três para cada sentido, em uma extensão total de 145 quilômetros. O corredor litorâneo terá 11 intersecções, 20 pontes e um túnel.

A estimativa do governo estadual é de que ela poderá reduzir em até 60% o tempo de deslocamento entre Florianópolis e Joinville. Ainda sem prazo para iniciar, as obras devem contar com seis pistas, sendo três para cada sentido.

Moisés afirma que as obras devem aumentar a segurança e melhorar a logística entre as regiões. “Toda vez que venho de Florianópolis para Joinville tenho dificuldade e incertezas se vou chegar no horário do compromisso”, comenta.

A verba, segundo o governador catarinense, deve vir por parceria público-privadas. “Vamos verificar qual o melhor modelo para ser construída em menor tempo possível”, ressalta.

Acesso ao Distrito Industrial 

A duplicação do acesso estadual de Joinville ao Distrito Industrial está com 70% das obras concluídas. A previsão de entrega do investimento, que faz parte do Eixo de Desenvolvimento Norte, é para o primeiro semestre deste ano.

Com trecho de 5,7 quilômetros, a região abrange as ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister, está na fase final da implantação da ciclovia e das calçadas. Além disso, no trecho entre as ruas Dona Francisca e Edgar Meister, os serviços de sinalização viária e pavimentação também estão próximas de serem concluídos.

Obras do acesso estadual de Joinville ao Distrito Industrial já estão 70% concluídas | Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O Eixo de Desenvolvimento Norte inclui ainda outras obras como a implantação do Eixo K, que ligará a rua Dona Francisca, nas proximidades do Perini Business Park, à rodovia Hans Dieter Schmidt. No momento, ela está sendo licitada pela Prefeitura de Joinville. A duplicação da Rua Edmundo Doubrawa e a abertura da Rua Almirante Jaceguay também estão na lista.

Para o presidente da Associação Empresarial de Joinville (Acij), Marco Antonio Corsini, as obras colaboram com os setores econômicos e comunitários da cidade. “Extremamente importante para a região de Joinville, vai trazer qualidade de vida paras as pessoas e segurança para quem trafega nas rodovias”, analisa.

Serra Dona Francisca

Durante a visita, Carlos Moisés comentou sobre a revitalização do trecho que corta a Serra Francisca. Ele destacou que o projeto terá área de escape e aumento de capacidade. O governador diz que será feita uma licitação assim que o projeto ser concluído.

| Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

A expectativa do estado é que esta primeira etapa seja concluída até junho deste ano.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo