Grávida de Canelinha: três testemunhas já foram ouvidas durante julgamento; leia relatos

Rozalba Grime é julgada na Câmara de Vereadores de Tijucas

Grávida de Canelinha: três testemunhas já foram ouvidas durante julgamento; leia relatos

Rozalba Grime é julgada na Câmara de Vereadores de Tijucas

Bárbara Sales

Três testemunhas já prestaram depoimento no julgamento de Rozalba Grime, 27 anos, que confessou ter assassinado a grávida Flávia Godinho Mafra para tirar o bebê de seu útero, em agosto de 2020, em Canelinha.

O julgamento está acontecendo na Câmara de Vereadores de Tijucas, e deve se estender ao longo de todo o dia.

A primeira testemunha a ser ouvida foi um dos policiais que fez parte das investigações do crime. Ao ser questionado pelo Ministério Público, ele afirmou que Rozalba tentou por várias vezes dificultar as investigações e induzir a polícia a erros.

Segundo a testemunha, todos os atos de Rozalba demonstram que ela havia planejado cada detalhe. “A ré sempre se mostrou uma pessoa extremamente inteligente e capaz. Se demonstrou uma pessoa que sabia o que estava fazendo e extremamente fria”, disse a testemunha.

O clínico geral que atendeu Rozalba no Hospital de Canelinha, logo após o crime, foi a segunda testemunha ouvida no julgamento. Ele foi o responsável por comunicar aos seus superiores suas suspeitas e pediu para que a polícia fosse chamada, por causa dos ferimentos do bebê.

A terceira testemunha foi o ginecologista que examinou Rozalba e constatou de ela não havia sinais de parto recente.

“Fui informado que ela chegou com apenas metade da placenta e me preocupei porque a outra parte poderia estar dentro dela e seria grave. Mas fiz os exames e não percebi nenhum tipo de lesão vaginal, perda de líquido e nem de sangue, comuns para quem acabou de passar por um parto. Fiz o ultrassom para comprovar e constatei que o bebê não poderia ter saído dela”.

Após o fim do terceiro depoimento, o juiz determinou uma pausa de uma hora para almoço. Cinco testemunhas ainda faltam ser ouvidas antes do depoimento de Rozalba.

Leia também:

– Familiares de grávida de Canelinha aguardam início do julgamento de Rozalba em Tijucas


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo