+

Há cinco anos morria Luiz Henrique da Silveira

Prefeito de Joinville por três mandatos e ex-governador, LHS cumpria mandato no Senado

Há cinco anos morria Luiz Henrique da Silveira

Prefeito de Joinville por três mandatos e ex-governador, LHS cumpria mandato no Senado

Adriano Assis

Foi em um 10 de maio, há cinco anos, que morreu o então senador Luiz Henrique da Silveira, um dos principais nomes da política catarinense. Ele estava em sua casa, em Joinville, quando passou mal. Foi atendido e levado ao hospital, mas não resistiu. Estava com 75 anos e tinha mandato até 2019.

Poucos meses antes da morte, disputou a presidência do Senado com apoio da oposição e perdeu para Renan Calheiros, também do PMDB (hoje MDB), apoiado pela maioria do partido e pela então presidente Dilma Rousseff (PT). Em Brasília, defendia a reforma política e tinha como principal bandeira o Pacto Federativo, maior poder a estado e municípios.

Blumenauense de nascimento, advogado por formação, Luiz Henrique fez toda a carreira política em Joinville. Foi prefeito de Joinville de 1977 a 1982, voltando a assumir o executivo joinvilense em outros dois mandatos (1997 e 2000 e entre 2001 e 2004).

Foi deputado estadual entre 1973 e 1975 e federal por cinco mandatos (1975 a 1977, 1983 a 1987, 1987 a 1991, 1991 a 1995, e 1995 a 1997), onde participou da assembleia constituinte. Também foi ministro da Ciência e Tecnologia durante o governo Sarney.

Antes de chegar ao Senado, foi governador de Santa Catarina por dois mandatos consecutivos, entre 2003 e 2010. Liderou a chamada tríplice aliança, que na sequência elegeu Raimundo Colombo. Uma das marcas do seu mandato foi a criação das Secretarias de Desenvolvimento Regional, que ele defendia como forma de descentralizar a administração.

Em entrevista ao jornal O Município Joinville, em março deste ano, a viúva Ivete Appel da Silveira afirmou que a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, única filial fora da Rússia e que completou 20 anos em 2020, era o maior orgulho de Luiz Henrique da Silveira e seu maior legado para a cidade.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo