+

Joinville faz bom jogo, mas cede empate ao Brusque no final pelas quartas do Catarinense

JEC teve boa atuação e manteve o controle por mais tempo, mas pecou no final com gol de Bruno Mota

Joinville faz bom jogo, mas cede empate ao Brusque no final pelas quartas do Catarinense

JEC teve boa atuação e manteve o controle por mais tempo, mas pecou no final com gol de Bruno Mota

João Vitor Roberge

O Joinville fez um bom jogo contra o Brusque, mas acabou sofrendo um empate em 2 a 2 nos instantes finais do jogo de ida das quartas de final do Campeonato Catarinense, disputado na tarde deste domingo, 25, na Arena. Thiago Santos e Alison Mira marcaram para o JEC, enquanto Thiago Alagoano e Bruno Mota fizeram os gols do Brusque. Com o resultado, o tricolor precisa de uma vitória no Augusto Bauer, em partida marcada para as 19h desta quarta-feira, 28, para passar às semifinais.

Gol rápido

Assim como no jogo da primeira fase entre as equipes, Fabian Volpi começou quase colocando tudo a perder. Júnior Pirambu conseguiu travar a saída do goleiro e a bola sobrou com Thiago Alagoano, que tentou finalizar com um toque por cobertura, mas a jogada terminou em tiro de meta.

O jogo começou já com o Joinville abrindo o placar aos dois minutos. Diego Mathias lançou Thiago Santos nas costas de Everton Alemão e, dentro da área, mandou um balaço para estufar as redes, sem chances para Dalberson.

Resposta brusquense

O Brusque teve dificuldades no começo do jogo, com o Joinville tendo mais posse de bola e ficando mais presente no ataque. Com o correr do relógio, o quadricolor começou a equilibrar mais a partida, mas sem chances claras de gol, com Fabian Volpi trabalhando pouco.

Até que, aos 29, o Marreco conseguiu o empate. Júnior Pirambu fez ótimo passe para Thiago Alagoano, que invadiu a grande área e chutou forte, no canto de Fabian Volpi. O goleiro ainda encostou na bola, mas não evitou o gol brusquense.

Pênalti pro JEC

A virada quase saiu aos 35. Após levantamento de Airton na segunda trave, Maurício Garcez escorou e Júnior Pirambu cabeceou pro gol. Mas Garcez estava impedido.

O Joinville teve mais chutes a gol, mas não tinha a pontaria adequada quando tentava de fora da área. Aos 39, Yann Rolim tabelou bem e, dentro da área, se preparou para o chute. Rodolfo Potiguar interveio e acabou atingindo o camisa 33 do JEC. Alison Mira, que havia substituído o lesionado Thiago Santos, foi para a cobrança. Deslocou Dalberson sem problemas, jogando rasteiro no canto esquerdo do goleiro.

Joinville melhor

Com a vantagem, o JEC permaneceu melhor no segundo tempo. Determinada e mais consistente do que no domingo, 18, quando empatou sem gols com o próprio Brusque, a equipe da casa não levava perigo do adversário e controlava a partida. No entanto, não tinha tanto ímpeto para ampliar a vantagem. Fabian Volpi chegou a levar amarelo por cera. Aos 19, Naldo mandou uma bomba de fora da área e forçou Dalberson a fazer excelente defesa para escanteio.

O Brusque respondeu logo depois com Júnior Pirambu, que arriscou de fora da área. A bola saiu rasteira e torta pela linha de fundo. Aos 26, Maurício Garcez cabeceou para fora. Mas, apático e inoperante no ataque, o quadricolor mal conseguia criar oportunidades muito melhores do que estas para empatar.

Empate do Brusque

Aos 35 minutos, Jerson Testoni pôs Bruno Mota, Fio e Andrew. Aos 37, Airton fez belíssimo cruzamento para Bruno Mota, que cabeceou no canto inferior esquerdo de Fabian Volpi. A bola passou muito perto, rente à trave.

O jogo ficou mais movimentado nos minutos finais. E o Brusque, que com um futebol pobre e poucas chances criadas, somado ao bom jogo do JEC, estava com tudo para perder a partida.

Até que, aos 47, em bola viva na área. Fabian Volpi afastou mal com um soco. A bola voltou com um passe de cabeça para Bruno Mota, que subiu absoluto e colocou no canto alto para deixar tudo igual e respirar fundo. Sem tempo para muito mais, o Brusque arrancou um empate contra as possibilidades do jogo, e o JEC deixou a vitória escapar.


 

Joinville 2×2 Brusque

Campeonato Catarinense
Quartas de final – ida
Domingo, 25 de abril de 2021
Arena Joinville

Joinville: Fabian Volpi; Edson Ratinho, Charles (Geovani-int), Jaques, Renan Castro; Naldo, Davi Lopes (Banguelê 40′-2ºt); Diego Mathias, Yann Rolin (Luquinhas 22′-2ºt); Paulo Victor (Douglas Packer 40′-2ºt) e Thiago Santos (Alison Mira 22′-1ºt).
Técnico: Elizeu Ferreira

Brusque: Dalberson; Toty, Ianson, Everton Alemão, Airton; Nonato (Bruno Alves-int), Rodolfo Potiguar (Pepê 40′-2ºt); Alex Ruan (Fio 35′-2ºt), Thiago Alagoano, Maurício Garcez (Andrew 35′-2ºt); Júnior Pirambu (Bruno Mota 35′-2ºt).
Técnico: Jerson Testoni

Trio de arbitragem: Rafael Traci (Balneário Camboriú), auxiliado por Gizeli Casaril (Bombinhas) e Bruno Müller (Santo Amaro da Imperatriz).

Gols: Thiago Santos (2′-1ºt) e Alison Mira (41′-1ºt); Thiago Alagoano (29′-1ºt) e Bruno Mota (47′-2ºt)

Cartões amarelos: Diego Mathias, Naldo, Geovani, Fabian Volpi; Nonato.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo