+

Joinville mobiliza doações para vítimas de chuvas no Rio Grande do Sul

Chuvas no estado deixaram, até o momento, 31 mortos e 74 desaparecidos

Joinville mobiliza doações para vítimas de chuvas no Rio Grande do Sul

Chuvas no estado deixaram, até o momento, 31 mortos e 74 desaparecidos

Fred Romano

Nesta semana, o Rio Grande do Sul enfrenta uma tragédia de grandes proporções devido às chuvas. Por isso, o prefeito de Joinville, Adriano Silva (Novo), em conjunto com o comandante Carlos Kelm do Corpo de Bombeiros Voluntários, mobiliza unidades da cidade para receber doações em apoio às vítimas.

“Toda a doação será recebida pelo Corpo de Bombeiros e depois vamos estar organizando o envio para o Rio Grande do Sul”, informou o prefeito.

As doações podem ser feitas nos endereços das unidades do Corpo de Bombeiros Voluntários em Joinville:

  • Rua Jaguaruna, 13 – Centro
  • Rua Dona Francisca, 6500 – Zona Industrial Norte
  • Rua Maria Júlia Pereira Costa s/n – Itaum
  • Rua Albano Schmidt, 3400 – Boa Vista
  • Rua Barra Velha, 100 – Floresta
  • Rua Dona Francisca, 12500 – Pirabeiraba
  • Rua 15 de Novembro, 7000 – Vila Nova
  • Rua Theonesto Westrupp, 565 – Aventureiro

Doe itens para Cesta Básica:

  • Arroz
  • Feijão
  • Macarrão
  • Óleo
  • Sal
  • Açúcar
  • Café
  • Fubá
  • Farinha de Trigo
  • Biscoitos Doces ou Salgados
  • Enlatados

Produtos de Higiene e Limpeza:

  • Sabão em Pedra
  • Sabão em Pó
  • Água Sanitária
  • Rodo
  • Vassoura
  • Balde
  • Esponja
  • Creme Dental
  • Sabonete
  • Papel Higiênico
  • Escova de dente
  • Absorvente
  • Fralda

“Nesse caso, especialmente quem puder pode doar colchões, roupa de cama, agasalhos”, complementa a vice-prefeita Rejane Gambin (Novo).

Além disso, é possível contribuir com a campanha de arrecadação do Banco de Alimentos Porto Alegre através do Pix CNPJ 04.580.781/0001-91 ou para o Grupo Especialista em Resgate de Alto Risco, uma entidade filantrópica de SC, que também está arrecadando. O Pix é CNPJ 12.792.275/0001-94.

“Também estamos enviando um profissional da Defesa Civil de Joinville, o Jairo Machado, especialista em resgates, para também se juntar ao grupamento de resgates no Rio Grande do Sul e auxiliar na busca das pessoas”, finaliza o prefeito.

Chuvas deixam 31 mortos e 74 desaparecidos

O boletim divulgado pela Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul, atualizado na manhã desta sexta-feira, 3, confirmou 31 pessoas mortas, 56 feridas e 74 desaparecidas em todo o estado, devido às fortes chuvas que atingem a região desde a última terça-feira 30. Há ainda 7.165 pessoas em abrigos e outras 17.087 desalojadas, em 235 municípios atingidos.

A Polícia Rodoviária Federal também informou que até o momento, há 53 trechos de rodovias federais no estado com bloqueios, sendo 39 totais e 14 parciais. Alguns foram interditados por quedas de barreiras, desmoronamentos, erosão e acúmulo de água e outros foram realizados preventivamente por apresentarem rachadura na pista ou ponte coberta pelas águas dos rios.

Forças Armadas

O Ministério da Defesa determinou, nesta sexta-feira, 3, o estabelecimento de um comando operacional das Forças Armadas para atuar em apoio logístico às ações de proteção e Defesa Civil dos municípios gaúchos afetados pelas chuvas intensas. Foram estabelecidas diretrizes semelhantes às estabelecidas na região em setembro de 2023.

De acordo com portaria publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, os militares deverão ativar Comando Operacional Conjunto Taquari 2 que deverá ser instruído pelo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, o general Richard Nunes. Desde a última quarta-feira, 626 militares já haviam sido deslocados à região para atuarem no apoio às vítimas.

Também foram mobilizadas 45 viaturas, 12 embarcações e oito aeronaves, além de equipamentos de engenharia para transporte de material e pessoal. Um hospital de campanha está sendo montado no município de Lajeado com estrutura de enfermaria, 40 leitos, dois consultórios de atendimento médico e um de triagem.

As diretrizes para o comando operacional foram estabelecidas após o reconhecimento do estado de calamidade pública em todo o estado Rio Grande do Sul pela Defesa Civil Nacional.

Com informações de Agência Brasil.

Leia também:
1. Polícia Civil encontra carga de fio de cobre dentro de caminhão furtado em Joinville
2. Rua de Joinville terá trânsito parcialmente bloqueado neste fim de semana; saiba qual
3. Igrejas de Joinville promovem 200 badaladas de sinos nesta sexta-feira
4. Jovem é baleado no Jardim Paraíso, em Joinville
5. Veja previsão do tempo para primeiro fim de semana de maio em Joinville


Assista agora mesmo!

“Lugar muito bom”: como paixão fez argentina conhecer Joinville e construir uma vida na cidade:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo