+

Motorista é condenado por dirigir embriagado e causar morte de seis pessoas no Norte de SC

Acidente aconteceu em setembro de 2014

Motorista é condenado por dirigir embriagado e causar morte de seis pessoas no Norte de SC

Acidente aconteceu em setembro de 2014

Redação O Município Joinville

O Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) obteve nesta sexta-feira, 14, em sessão plenária do Tribunal do Júri da Comarca de São Bento do Sul, a condenação de Milton Zanghellini Ruckl, por homicídio simples e uma tentativa de homicídio, por provocar a morte de seis pessoas e lesionar gravemente outra vítima, em um acidente de trânsito no dia 6 de setembro de 2014. Ele foi sentenciado a 23 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado.

Milton dirigiu seu veículo, da marca BMW, alcoolizado e em alta velocidade. Ele invadiu a pista contrária e bateu contra dois veículos, por volta das 22h, na rodovia SC-301, no trecho conhecido como 27 curvas, que liga as cidades de São Bento do Sul e Rio Negrinho.

Após a choque, o motorista foi levado ao hospital para atendimento médico. Ao chegar na unidade hospitalar, ele saiu da ambulância onde aguardava atendimento e fugiu do local.

O Promotor de Justiça Thiago Alceu Nart, da 3ª PJ da Comarca de São Bento do Sul, ressaltou que diante das circunstâncias do caso, em especial da altíssima velocidade e da ingestão de bebida alcoólica, restou claro que Milton assumiu o risco de causar a morte das vítimas.

O Conselho de Sentença acatou a tese do MP-SC e condenou o motorista por homicídio simples. Da decisão cabe recurso e foi concedido ao acusado o direito de recorrer em liberdade.

Familiares no julgamento

Familiares das vítimas acompanharam o julgamento e realizaram protesto silencioso. Eles estavam trajando camisetas com imagens das pessoas que morreram em 2014.

Andreia Aparecida dos Santos, tia de Maria Eduarda, que tinha 1 ano na época do acidente, comentou sobre a sentença. “É muito triste o que estamos vivendo e isso não vai trazer eles de volta. Queríamos, sim, a justiça, mas também queríamos, principalmente, que isso não aconteça com mais ninguém. Não desejo que sintam e vivam coma dor que sentimos todos os dias com a perda de nossos familiares”, disse.

Relembre o caso

Conforme consta na denúncia do MP-SC, Milton havia ingerido bebida alcoólica e conduziu seu carro desde o centro de São Bento do Sul até a rodovia SC-301. Na estrada dirigiu em velocidade muito superior à permitida na via, que é de 60 km/h. Ao chegar no quilômetro 3,7, ultrapassou perigosamente um Agile em local proibido. Passou por cima da sinalização de trânsito, invadiu a pista contrária, colidiu na lateral do Gol e de frente com o Kadett Ipanema.

Com a batida causou a morte de Nelson do Nascimento, Wagner Felipe dos Santos, Roselindo Fragoso, Ilair dos Santos, Adriane Linzmeyer e Maria Eduarda Linzmeyer. Ainda no acidente outras seis vítimas ficaram feridas. Uma das vítimas que estava no Ipanema, Wanderlei Fernandes de Souza não morreu no local, pois foi retirado das ferragens do carro e recebeu atendimento médico rapidamente.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo