+

Mudanças nos pontos de fiscalização eletrônica em Joinville acrescentam R$ 3,4 milhões no contrato; veja alterações

Edital previa 101 pontos, agora são 105

Mudanças nos pontos de fiscalização eletrônica em Joinville acrescentam R$ 3,4 milhões no contrato; veja alterações

Edital previa 101 pontos, agora são 105

Brenda Pereira

Mudanças nos pontos de fiscalização eletrônica em Joinville geraram um aditivo de R$ 3,4 milhões no contrato com a Eliseu Kopp & Cia, responsável pela operação. O extrato aditivo foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira, 26.

É o segundo termo aditivo do contrato 821/2023. O valor acrescentado é de R$ 3.493.045,35, equivalente a 13,88% do valor total do contrato, fechado inicialmente em R$ 25.170.836,34. O prazo de vigência contratual é de 50 meses, ou seja, quatro anos e dois meses.

Em agosto, foi publicado um termo aditivo que altera a relação de radares, lombadas eletrônicas e semáforos a serem instalados. Conforme a Prefeitura de Joinville, essas mudanças geraram o aditivo no contrato.

No edital, estavam previstos 101 pontos, agora são 105. Além disso, após análise, o Departamento de Trânsito (Detrans) retirou radares em algumas ruas com a justificativa de que lombadas físicas instaladas no local já estariam suprindo a necessidade de redução de velocidade. Também alterou a fiscalização de radar para lombada eletrônica em alguns pontos, justificando que seria necessário um controle maior da redução de velocidade.

Há locais onde duas faixas eram fiscalizadas e agora são três, para abranger o corredor de ônibus. Também foram retirados pontos e acrescentados outros.

Valores

Conforme documento contratual disponibilizado no Portal da Transparência, foram acrescentadas no contrato 14 faixas de monitoramento de radares fixos com identificador automático de placas de veículos; 13 faixas de lombadas eletrônicas com display; e oito faixas de radar semafórico. O valor total é calculado com base em 45 meses.

Confira como fica:

14 faixas de radares fixos
Valor mensal para cada faixa: R$ 2.106,96
Total em 45 meses: R$ 1.327.384,80

13 faixas de lombadas eletrônicas
Valor mensal para cada faixa: R$ 2.319,99
Total em 45 meses: R$ 1.357.194,15

Oito faixas radares semafóricos
Valor mensal para cada faixa: R$ 2.245,74
Total em 45 meses: R$ 808.466,40

Conforme consta no contrato, as despesas do contrato tem como fonte o superávit do convênio de trânsito.

Motivo para mudanças

O Detrans diz que as alterações ocorrem devido ao trânsito sofrer com diferentes fatores, além da licitação ter levado mais tempo para ser concluída. O edital foi lançado no início de 2022, mas suspenso pela Justiça, sendo retomado neste ano.

“Nesse período, o Detrans manteve o trabalho para melhor organizar o trânsito, desta forma, foram implantadas alterações viárias para controle e redução da velocidade e o equipamento eletrônico não se justificava mais em determinados endereços, ou foi necessária a alteração de radar para lombada eletrônica, por exemplo”, justifica.

Estudos continuam

O contrato prevê a possibilidade de alterações nos pontos fiscalizados. Por isso, o Detrans afirma que permanece realizando estudos, visto que o trânsito sofre constantes alterações que resultam em aumento de fluxo, como surgimento de novos empreendimentos considerados polos geradores de tráfego, aumento da frota, entre outros fatores.

Leia também:
Radar em Joinville: confira mapa com pontos de fiscalização eletrônica

Confira as mudanças previstas:

Pontos com radares fixos onde as faixas de ônibus também serão fiscalizadas:

Avenida Aluísio Pires Condeixa
Avenida Santos Dumont, 731
Rua Aubé, 1488 (nova localização)
Rua Albano Schmidt, 1091
Rua Albano Schmidt, 2571 (nova localização)
Rua Albano Schmidt, 3200
Rua Blumenau, 1580
Rua Iririú, 1188 (nova localização)
Rua Helmut Fallgatter, 3675
Rua Helmut Fallgatter, 791
Rua São Paulo, 200
Rua São Paulo, 2622

Pontos somente com mudança de localização:

Avenida Plácido Hugo de Oliveira: o edital previa a instalação próxima à rua Santa Catarina. No entanto, como a via dá acesso à zona Sul pela BR-101, a velocidade dos veículos é alta. Por isso, o radar será instalado no trecho anterior ao proposto no edital, nas proximidades do número 861.

Rua São Paulo, 4353: o edital previa a instalação no número 3600. O novo local fica a uma distância de 900 metros, próximo ao cruzamento coma rua Simão Krueger, com bastante entrada e saída de veículos, convergindo em ambos os sentidos. O local possui grande movimentação de pedestres, ciclistas e automóveis.

Rua Timbó, 1840: o edital previa a instalação no número 1276. O novo local fica a uma distância de 450 metros, próximo ao cruzamento coma rua Alceu Koentopp, com bastante entrada e saída de veículos, pois faz ligação coma rua Benjamim Constant. O local possui grande movimentação de pedestres, ciclistas e automóveis.

Rua XV de Novembro, 7558: o edital previa a instalação no número 7835, endereço da Escola Municipal Professora Karin Barkemeyer. Sem a fiscalização eletrônica, em outubro do ano passado foi instalada uma faixa elevada, o que, segundo a prefeitura, já tem reduzido a velocidade na região, sem necessidade do radar em frente ao colégio.No entanto, o equipamento será instalado antes da faixa elevada.

Pontos de radares fixos que serão substituídos por lombadas eletrônicas:

Rua Benjamin Constant, 650
Rua Dona Elza Meinert, 692
Rua Graciosa, 1000
Rua Leopoldo Beninca, 365

Pontos de radares fixos retirados da lista:

Rua Guanabara, 3675
Rua Ponte Serrada, 440
Rua Tenente Antônio João, 1937

Novos pontos de radares fixos previstos:

Rua Rui Barbosa, 576
Rua Jarivatuba, 1856

Pontos com lombadas eletrônicas onde as faixas de ônibus também serão fiscalizadas:

Rua Carlos Benack, 590
Rua Guanabara, 2308
Rua Iririú, próximo ao 425
Rua Pref. Helmuth Fallgatter, 1400
Rua Pref. Helmuth Fallgatter, 2400
Rua Santa Catarina, 1450
Rua Santa Catarina, 517
Rua Visconde de Taunay, 900

Pontos de lombadas eletrônicas retirados da lista:

Rua Anitápolis, 245 (terá lombada física)
Rua João da Costa Jr, 1350
Rua Júpiter, 890
Rua Olavo Bilac, 829
Rua São Firmino, 555
Rua Teresópolis, 460 e 300 (terá lombada física)

Novo ponto de lombada eletrônica previsto:

Rua Benjamin Constant, 530

Radares semafóricos onde as faixas de ônibus também serão fiscalizadas:

Rua Dr. João Colin x Rua Benjamin Constant
Rua Dr. João Colin x Rua Max Colin
Rua Dr. João Colin x Rua Presidente Prudente de Moraes
Rua São Paulo x Rua Inácio Bastos
Rua São Paulo x Rua Monsenhor Gercino
Rua XV de Novembro x Rua Rudolf Baumer
Radares semafóricos previstos retirados da lista:
Rua Dona Francisca x Rua Princesa Isabel
Rua Marquês de Olinda x Rua Max Colin
Rua Papa João Paulo XXIII x Rua Pasteur


Assista agora mesmo!

Região de Joinville já era habitada há 10 mil anos: conheça os quatro povos anteriores à colonização:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo