Oficinas gratuitas de balé com Ana Botafogo acontecem em Joinville; saiba como se inscrever

Ação é uma iniciativa do projeto Artes do Palco

Oficinas gratuitas de balé com Ana Botafogo acontecem em Joinville; saiba como se inscrever

Ação é uma iniciativa do projeto Artes do Palco

Brenda Pereira

A bailarina e professora Ana Botafogo, um dos principais nomes da cena do balé no Brasil, será a ministrante das oficinas de masterclasses gratuitas para bailarinos e bailarinas de toda Santa Catarina. A ação ocorre entre os dias 15 e 20 de julho, no Teatro Harmonia Lyra, em Joinville.

A promoção é da Artes do Palco, que tem como diretor o produtor cultural Darling Quadros. Além das oficinas, a artista fará uma palestra sobre sua vida e carreira.

O projeto deve movimentar a dança estadual e é realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura (PIC), da Fundação Catarinense de Cultura, do governo de Santa Catarina.

“Acredito na democratização e no acesso à dança. Termos a Ana Botafogo na cidade para aulas e para uma palestra sobre sua vida e carreira é um modo de revelarmos aos jovens e também a muitos professores e interessados como foi a trajetória de uma das mais importantes bailarinas do nosso país, perpetuar o seu legado e também mostrar que é possível trabalhar com dança”, destaca Quadros, que está celebrando a quinta edição do projeto.

Vida de bailarina

A carreira de Ana Botafogo é carregada de superlativos. Sua palestra intitulada “Vida de Bailarina”, que acontece no dia 20 de julho, às 15h, com inscrições gratuitas e limitadas, apresentará como ocorre a evolução de uma bailarina, contando as dificuldades, desafios e superações que são inerentes a esta arte.

“Procuro mostrar que por trás da leveza e de toda a beleza lúdica a que o público assiste da plateia, existem renúncias e muito trabalho além de dores, suores e sacrifícios. A palestra é apoiada na minha vida artística, onde conto minha trajetória por meio de vídeos dos meus mais importantes balés, fotos e entrevistas ao longo de minha carreira pelo Brasil e pelo mundo”, explica Ana.

Além do bate-papo, de 16 a 19 de julho, Ana ministrará duas aulas por dia para os níveis intermediário e avançado, com presença permitida para professores ouvintes também.

Seleção no fim de janeiro

As inscrições para bailarinos e bailarinas de todo o estado que desejam participar da seleção para as aulas de balé clássico, nos níveis intermediário ou avançado, acontecerão de 30 de janeiro a 30 de março via plataforma Sympla.

Após a inscrição, o interessado deve enviar todas as informações para o e-mail: projetoartesdopalco@gmail.com. Além disso, será necessário encaminhar o link de um vídeo de cinco minutos de duração com exercícios de aula de balé clássico.

Serão considerados vídeos atuais, vigentes do ano de 2024, e que estejam abertos para visualização na plataforma do YouTube. Não serão aceitos outros formatos.

Para os interessados, o vídeo deve conter atividade na barra, com os exercícios de plié, battements tendu, jeté, frappé, grand battement e adágio. No centro é preciso mostrar adágio, pirouettes, pequenos e médios saltos, além de uma diagonal de grandes saltos. Para a turma de nível avançado, considera-se opcional para as bailarinas fouettés e para os bailarinos, pirouettes à la seconde.

O e-mail deve estar acompanhado de nome completo, idade, telefone, escola e cidade.

O projeto Artes do Palco é realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura – PIC- do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Cultura, com o patrocínio do ICRH – Instituto Carlos Roberto Hansen e Tigre.

Leia também:
1. Apostas de Joinville acertam a quadra da Mega-Sena e faturam mais de R$ 650
2. Tempo em Joinville: confira a previsão para esta quarta-feira
3. Polícia Militar realiza Operação Força Total em Joinville
4. VÍDEO – Mais de 300 cavalos-marinhos nascem no Oceanic Aquarium de Balneário Camboriú
5. Moradores do bairro Boa Vista, em Joinville, reclamam de falta de água nesta terça-feira


Assista agora mesmo!

“É muito alemã!”: músico da Alemanha fala sobre o que achou da Festa Pomerana, de Pomerode:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo