+

Pavimentos do Prédio Verde são demolidos em Joinville; saiba os próximos passos

Demolição do prédio começou em janeiro

Pavimentos do Prédio Verde são demolidos em Joinville; saiba os próximos passos

Demolição do prédio começou em janeiro

Redação O Município Joinville

Iniciada no final do mês de janeiro, a demolição do Edifício Nove de Março, popularmente conhecido como Prédio Verde, segue para a sua etapa de conclusão. Desde a última quinta-feira, 9, a S.O.S. Demolidora e Terraplenagem, empresa contratada pela Prefeitura de Joinville, está realizando a retirada dos entulhos. 

A demolição dos três primeiros andares do prédio foi feita com o uso de equipamentos como compressores de alta pressão. Já para a demolição dos andares finais e retirada dos entulhos, estão sendo utilizados dois tratores com pás carregadeiras.

Segundo a prefeitura, até o momento foram retirados cerca de 1,5 mil metros cúbicos (m³) de material, cerca de 100 viagens de caminhão caçamba, com capacidade média de 15 m³ cada. 

A equipe responsável pelo trabalho é formada por seis funcionários operacionais, um engenheiro de segurança, um técnico de segurança do trabalho e um encarregado.

Conforme o diretor-executivo da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Marcelo Soares, a realização da obra ocorre de forma otimizada.

“O trabalho vem acontecendo em prazo melhor do que o previsto. A licitação previa 90 dias para a realização da obra, mas no início do contrato a empresa apresentou um cronograma, que está seguindo à risca”, afirma o diretor.

Após a retirada de todo o entulho, a empresa fará a limpeza e terraplenagem do terreno, bem como retirada dos tapumes e liberação do local. Em seguida, a Seinfra vai revitalizar o espaço com a instalação de uma área de convivência.

A Secretaria de Pesquisa e Planejamento Urbano (Sepur) está desenvolvendo um estudo com foco na melhora da mobilidade e possível alargamento do leito do rio Cachoeira.

Sobre o Prédio Verde

Construído entre os anos de 1955 e 1960, o prédio situado na esquina da avenida Dr. Paulo Medeiros com a rua Nove de Março tem 1.260,89 metros quadrados (m²).

O processo de compra do prédio iniciou em 2021. Quando foi construído, o curso do rio não ficava tão próximo ao prédio como hoje.

Em 2016, o local foi interditado para avaliar questões estruturais, mas liberado posteriormente por apresentar condições seguras de habitação. Em setembro de 2021, o prefeito Adriano Silva assinou os decretos de utilidade pública relacionados com os imóveis do Edifício Nove de Março. No ano passado, foram assinadas as escrituras de imóveis do prédio e realizada a licitação para a demolição.

Leia também:
1. Tempo em Joinville: acumulado de chuvas aumenta risco de deslizamentos nesta segunda-feira
2. VÍDEO – BR-280, na Serra de Corupá, é interditada por queda de barreira
3. Polícia prende dupla envolvida em chacina, em Joinville, e investiga novos assassinatos
4. Trimania: moradora de Joinville ganha meio milhão sozinha neste domingo
5. Pai mata filho com golpes de faca durante discussão em Penha


– Assista agora:
Casarão Neitzel é preservado pela mesma família há mais de 100 anos na Estrada Quiriri, em Joinville

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo