Menina de 7 anos tem mini-Fusca guinchado pela PM em Itapoá

Caso aconteceu no sábado, 1º

Menina de 7 anos tem mini-Fusca guinchado pela PM em Itapoá

Caso aconteceu no sábado, 1º

Redação

Uma menina de sete anos, que estava acompanhada do pai, teve o mini-Fusca guinchado pela Polícia Militar no último sábado, 1º, em Itapoá. A criança fazia um passeio pelas ruas da cidade.

O momento foi filmado pela família e publicado nas redes sociais de Simone Franca, mãe da criança. “A Polícia Militar apreendeu o brinquedo da minha filha. Ela está desesperada e nós, com o coração na mão sem saber o que fazer”, disse a mãe.

Arquivo Pessoal

Segundo a Polícia Militar, o veículo foi apreendido por falta de habilitação e por ser um veículo não licenciado, sem numeração, placa ou chassi. “Um brinquedo em tese, por este fato, não é permitido transitar em vias públicas”, relatou a PM sobre a ocorrência.

Além disso, o brinquedo foi recolhido por não oferecer condições de segurança e por ser “dirigido” por pessoa não habilitada. A família é do Paraná e estava na cidade para passar o réveillon.

“Veículo” trazia riscos

A criança estava junto ao pai no momento da apreensão e, conforme informações da PM, ele irá responder por entrega de veículo a condutor não habilitado e menor de idade. Uma multa também será aplicada, no entanto, o valor não foi divulgado.

“Os pais foram irresponsáveis em permitir que uma criança conduzisse este tipo de veículo em via pública, por ruas movimentadas da cidade, colocando os próprios ocupantes em risco”, dizia o relatório da polícia.

Segundo Simone, o brinquedo tem nota fiscal, mas não tem licenciamento. A família não sabia que era necessário uma autorização para circular com o veículo e que não sabe como prosseguir com a retirada.

Arquivo Pessoal

Aquela foi a segunda vez, em dias alternados, que o caso foi constatado. No entanto, a primeira vez a família foi apenas orientada a não circular com o brinquedo.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo