+

Praias de São Francisco do Sul renovam certificação Bandeira Azul

Critérios envolvem qualidade da água, gestão ambiental, educação

Praias de São Francisco do Sul renovam certificação Bandeira Azul

Critérios envolvem qualidade da água, gestão ambiental, educação

Isabel Lima | Revisão

A Prefeitura de São Francisco do Sul, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Turismo, emitiu uma nota informando que a cidade manteve as quatro certificações Bandeira Azul. As certificações mantêm a cidade com mais praias certificadas no Brasil, conforme divulgado pelo Júri Internacional nesta terça-feira, 26.


A Bandeira Azul é um selo de qualidade ambiental concedido a praias, marinas e barcos de passageiros que atendem a uma série de critérios, incluindo qualidade da água, gestão ambiental, segurança e serviços, educação ambiental e sustentabilidade.

As praias de São Francisco do Sul que receberam a certificação são:

  • Praia do Ervino
  • Praia Grande
  • Prainha
  • Forte Marechal Luz

“É um orgulho para São Francisco do Sul manter esse título”, afirma o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho. “Isso demonstra que estamos trabalhando continuamente para garantir que nossas praias sejam limpas, seguras e sustentáveis”.‌

Para receber a certificação Bandeira Azul, as praias devem atender aos seguintes critérios:

  • ‌Qualidade da água: a água deve ser limpa e segura para banho, conforme padrões internacionais.
  • Gestão ambiental: a praia deve ter um plano de gestão ambiental que garanta a proteção do meio ambiente.
  • Segurança e serviços: a praia deve oferecer segurança e serviços adequados aos banhistas, como banheiros, salva-vidas e infraestrutura para pessoas com deficiência.
  • Educação ambiental: a praia deve promover ações de educação ambiental para conscientizar os banhistas sobre a importância da preservação do meio ambiente.
  • Sustentabilidade: a praia deve adotar práticas sustentáveis, como a redução do consumo de energia e água.

‌A certificação Bandeira Azul é concedida por um ano e pode ser renovada anualmente.

Leia também:
1. Cão de faro localiza cocaína, crack e maconha e suspeito é preso em Joinville
2. Mudança na merenda escolar gera dúvidas e reclamações em Joinville; veja o que diz prefeitura
3. VÍDEO – Cão ‘sem freio’ derruba dona durante chuva de granizo em SC
4. Obituário de Joinville: confira falecimentos dos últimos dias
5. Motorista de 24 anos morre após colidir contra caminhão em Santa Catarina


Assista agora mesmo!

Região de Joinville já era habitada há 10 mil anos: conheça os quatro povos anteriores à colonização:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo