+

Presidente de Fecam rebate Carlos Bolsonaro sobre repasses da saúde

Vereador do Rio de Janeiro insinuou no Twitter que os recursos estariam sendo mal aplicados

Presidente de Fecam rebate Carlos Bolsonaro sobre repasses da saúde

Vereador do Rio de Janeiro insinuou no Twitter que os recursos estariam sendo mal aplicados

Redação O Município Joinville

O presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e prefeiro de Araquari, Clenilton Pereira, usou sua conta no Twitter para rebatar Carlos Bolsonaro sobre assunto referente aos repasses financeiros para a saúde.

O vereador do Rio de Janeiro e filho de Jair Bolsonaro insinuou na rede social que os recursos estariam sendo mal aplicados. “Aonde foram parar os bilhões de reais enviados pelo Governo Federal a estados e a municípios para o combate ao Covid?”

Em resposta, o presidente da Fecam afirmou que os repasses estão sendo usados de maneira correta e que as prefeituras ainda precisam reforçar o financeiro utilizado no enfrentamento da pandemia. Além disso, Pereira lembrou que os valores retornados à Santa Catarina pelo governo federal são menores que os arrecadados no estado.

Nós, usamos de maneira correta e ainda colocamos bastante do município. Lembrando, que este dinheiro é nosso ( município ) e não, do governo federal. Um dado importante: de cada 100,00 que SC manda para o governo federal, recebemos apenas 18,63. O credito nosso é enorme”, rebate Pereira.

Além das medidas restritas de cada cidade, os municípios também assinaram, por meio de negociações da Fecam, a intensão de compra de doses da vacina russa Sputnik V. Ao todo, os municípios catarinenses solicitaram 3,5 milhões de doses.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo