Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Processo de ex-noiva contra Zé Trovão chega ao STF

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Processo de ex-noiva contra Zé Trovão chega ao STF

Raul Sartori

Delegacia?
O Supremo Tribunal Federal ainda não virou uma delegacia de polícia, mas parece. É que chegou lá processo que transitava na primeira instância de Brasília onde o deputado federal Zé Trovão (PL-SC) foi proibido de se aproximar da ex-noiva, que o acusa de infringir a Lei Maria da Penha. Hum….

Áreas de risco
Estudo inédito da Casa Civil da Presidência da República e do Ministério das Cidades aponta que o Brasil tem 1.942 cidades com moradores vivendo em áreas de risco, mais do que o dobro do que há 12 anos. Dentre elas Blumenau, em terceiro lugar como de maior risco em todo país, envolvendo diretamente 78.371 moradores, ou 21,6% do total da população do município. Sendo assim, deveria estar entre os que exigem maior urgência de investimentos na prevenção de desastres. Mas isso é outra conversa.

Raça nas eleições 1
O Tribunal Superior Eleitoral pretende coibir a prática de candidatos de alterarem sua autodeclaração de raça entre eleições. Na deste ano quer que os postulantes sejam intimados a esclarecer a alteração. Caso seja constatado erro ou não haja justificativa, os candidatos ficariam sem acesso aos recursos destinados a candidaturas negras.

Raça nas eleições 2
Entre as eleições de 2018 e 2022, 1.387 candidatos trocaram a autodeclaração de raça. Dentre os mais conhecidos está o governador Jorginho Mello (PL), que se declarou pardo em 2018 e mudou para branco em 2022.

Por cima
Saíram ontem mais duas pesquisas nacionais que jogam SC para o alto. Florianópolis compareceu como a quarta melhor cidade do Brasil para aposentados e a quinta com o valor mais caro pelo metro quadrado de imóvel novo (R$ 10.566). Nesse ranking quem continua imbatíveis são Balneário Camboriú, em primeiro (R$ 12.470) e Itapema, em segundo (R$ 11.946).

Medicina na Serra
Festa, ontem, em Curitibanos: o Ministério da Educação confirmou que irá autorizar a criação do curso de Medicina do Campus da UFSC na cidade serrana. O anúncio atende a uma reivindicação de mais de 10 anos da comunidade local. Há a expectativa de que, terça-feira, 23, o ministro da Educação, Camilo Santana, esteja em SC para assinar oficialmente a portaria que autoriza a criação do curso, que poderá ter processo seletivo no segundo semestre deste ano, com 30 vagas.

Faixa exclusiva
O deputado estadual Sérgio Guimarães confirma: a Auto Pista Litoral Sul (Arteris), vai implantar uma faixa exclusiva, de 1,4 metro de largura, para motocicletas na BR 101, no trecho que compreende a Grande Florianópolis. Um estudo apontou que a possibilidade pode ser avaliada depois da entrega do Contorno Viário, quando muitos caminhões deixarão de trafegar por perto da Capital. O passo seguinte é convencer o governo estadual a instalar motofaixas em suas estradas. Em SC existem pelo menos 1 milhão de registros de motocicletas no Detran.

Condecoração
Além do artista Juarez Machado, outra personalidade catarinense recebeu esta semana a mais alta condecoração do Ministério da Cultura da França, a Ordem das Artes e das Letras. A entrega foi na Aliança Francesa, em Florianópolis, terça-feira, para a cantora Biá Krieger, que há mais de 20 anos faz sucesso na França e Canadá cantando músicas brasileiras em francês. É filha do saudoso jornalista Marcílio Ramos Krieger, de origens brusquenses.

Compulsória?
Querem apostar como não passará de dias, quem sabe até de horas, a determinação da prefeitura de Florianópolis em fazer a internação compulsória para pessoas em situação de rua, população que cresce assustadoramente na cidade. Uma sugestão aos contrários: que leve um deles para suas casas, ou adote. E deixem, a partir de seus gabinetes refrigerados e salários imorais, de jogar a culpa nos outros. Pode ser um bom começo de conversa sobre o assunto.

Privilégio
O apresentador de um telejornal da Rede Bandeirantes não se conteve após ler a informação, na noite de terça-feira, do fim da isenção fiscal, determinada por ato de Lula, que vem sendo muito criticado (se voltar atrás não será surpresa) para igrejas e pastores evangélicos (alguns verdadeiramente despudorados milionários exploradores da fé): “Cobra dízimo? Pois que pague imposto!” Lavou a alma de quem ouvia e assistia.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo