Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Eleições 2024: Jorginho Mello busca eleger pelo menos 100 prefeitos do PL em SC

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Eleições 2024: Jorginho Mello busca eleger pelo menos 100 prefeitos do PL em SC

Raul Sartori

1 de 100
O governador Jorginho Mello tem dito que nas eleições municipais de 2024 quer eleger pelo menos 100 prefeitos do seu partido, o PL, ou aliados a ele. Quer começar a contagem desde já, por Tubarão, que escolherá o novo prefeito por via indireta, pelos vereadores, em agosto, substituindo Joares Ponticelli (PP), que renunciou após meter-se em corrupção. Está agindo para que o ungido seja José Luiz Tancredo, do MDB.

Diplomático
Ministro recentemente aposentado do Superior Tribunal de Justiça, o manesinho Jorge Mussi ocupa parte de seu tempo jogando dominó com amigos em locais públicos da Ilha de SC. Mas não escapa de seguidas perguntas sobre o surpreendente e não raro polêmico comportamento de colegas “lá de cima” ou “supremos”, que conhece muito bem. Para todos tem uma resposta: “São tempos difíceis!”

Significados
A infeliz e absurda insinuação do colunista Marcelo Leite, da “Folha de S. Paulo”, autor de artigo com o título “Mudança climática castiga eleitores de Bolsonaro no Sul”, autoexplicável por si, equivale dizer, também, na vesga versão de militante que demonstra ser, que agricultores e moradores catarinenses, gaúchos a paranaenses mereceram perder plantações, suas casas e até vidas nas intempéries dos últimos dias pela escolha política que fizeram ou fazem. Inacreditável.

Resort
Aquele passarinho veio dizer que um terreno de 200 mil metros quadrado no litoral de SC poderá ser o local de construção da quarta unidade no Brasil da rede Clube Med, com investimento de cerca de R$ 1 bilhão. A sociedade envolve o empresário Dody Sirena. No Brasil o grupo de resorts tem unidades em Trancoso e Itaparica, na Bahia, Rio das Pedras (RJ) e Mogi das Cruzes (SP). A meta é chegar ao Sul.

Linha-dura
Com o aval dos respectivos governadores, os secretários de Segurança de SC, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul tem conversado com suas bancadas federais para revisar e endurecer o Código Penal, como o fim das saídas temporárias de presídios, já aprovado na Câmara e agora parado no Senado.

IA contra corrupção
O que a insubstituível inteligência humana nunca conseguiu, a UFSC pretendo chegar lá com a artificial no combate a corrupção. Está anunciando que vai utilizá-la para auxiliar Ministério Público no combate aos malfeitos. Seus experts acham que a IA e a Estatística permitem descobrir padrões escondidos em grandes volumes de dados, o que pode ser um caminho para o combate à ladroagem. Que tenha sucesso!

Fatia maior
Na Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2024, que o governador Jorginho Mello mandou para a Assembleia Legislativa, um detalhe menor, mas imporante, chama a atenção: propõe aumentar o percentual do Tribunal de Contas do Estado em 0,17% da receita líquida disponível prevista (R$ 48,8 bilhões), passando para 1,83%, justificada, pelo governo, pela incorporação pelo TCE da estrutura administrativa do Ministério Público de Contas.

Pádel
Tratativas estão em andamento no Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) para inclusão do ainda desconhecimento pádel nos Jogos Abertos (Jasc) de SC e nas demais competições coordenadas pela entidade. O pádel, que utiliza raquete e combina elementos do tênis e squash, é disputado em duplas em uma quadra fechada feita de vidro e malha, que tem um terço do tamanho de uma quadra de tênis em tamanho real.

Mulher de vanguarda
A exposição “Elke Hering – Metamorfoses”, que abre nesta quinta-feira no Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação, em Florianópolis, não tem caráter retrospectivo. Quer, dentro de um possível, propor uma nova demarcação em torno das obras desta mulher audaciosa que rompeu com paradigmas num universo pouco sensível à criação de vanguarda e mantém diálogo com as expressões artísticas e intelectuais do seu tempo. A curadora Denise Mattar, de São Paulo, conta com a consultoria da pesquisadora Daiana Schvartz, que vive em Chapecó.

Engajamento
Sensibilizada pelo alto índice de estupros noticiados nos últimos tempos, a Ghizoni Bebidas usou a Inteligência Artificial numa ação de conscientização: aplicou 822 mil gotas de tinta – uma para cada caso de violência sexual que ocorrem por ano no Brasil – na pintura da fachada da sua sede em Tubarão.


Assista agora mesmo!

Explore a riqueza da história de Joinville com o Casarão Neitzel:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo