fotos antigas joinville rua do principe

Todas as fotos estão disponíveis com recurso especial: uma ferramenta que possibilita comparar em detalhes as mudanças de cenário, com a foto atual sobreposta à antiga. Basta clicar ou tocar no centro da foto e arrastar a seta à direita ou à esquerda, como na imagem a seguir.

Rua do Príncipe 

Foto da rua do Príncipe no ano de 1885. Segundo o Arquivo Histórico de Joinville, à direita está a residência da família Richlin, onde, atualmente, localiza-se a Caixa Econômica Federal. À esquerda, em primeiro plano, está o local onde foi construído o Clube Joinville e, ao fundo, a antiga Casa de Direção da Colônia. Nos dias atuais, o comércio domina a via.

Rua São Paulo

Fotografia dos anos de 1980 da rua São Paulo, importante via para mobilidade da zona Sul para o Centro de Joinville. Desde a década de 1960, tem passado por obras como o calçamento, asfaltamento e o crescimento da via. Na década anterior a da fotografia, a rua São Paulo havia acabado de receber o calçamento.

Museu de Arte de Joinville 

Fotografia da casa onde morou Ottokar Dörffel (nasceu em 1818, na Alemanha, e morreu em 1906 em Joinville) e hoje funciona a sede do Museu de Arte de Joinville (MAJ), inaugurado em 1976. A construção é datada em 1854 e foi concluída dez anos depois. Ottokar Dörffel foi jornalista, cronista e matemático. Também participou da política local como contator, tesoureiro na Colônia, vereador e cônsul honorário.

Cruzamento das ruas Nove de Março e João Colin com a avenida Juscelino Kubitschek

Foto de 1930 onde hoje é o cruzamento das ruas Nove de Março e João Colin com a avenida Juscelino Kubitschek, no Centro de Joinville. Durante o Golpe de 1930, que levou Getúlio Vargas ao poder, a esquina foi palco de conflitos armados. À direita, em primeiro plano, ficava a Padaria Brunkow. O sobrado, na época, foi residência da família de Adolfo Trinks.

Farmácia Minancora

Registro fotográfico da década de 1930 do prédio construído pela Keller & Cia Construções, na esquina das ruas do Príncipe e das Palmeiras, que abrigava a antiga farmácia Minancora. A pomada passou a ser vendida em 1915. Em 1994, a sede industrial foi levada para Pirabeiraba. Durante os anos 2000, a farmácia deixa de funcionar na emblemática esquina joinvilense.

Continua após o anúncio

Catedral São Francisco Xavier

A Catedral São Francisco Xavier em construção na década de 1960. Localizada entre a avenida Juscelino Kubitscheck e a rua do Príncipe, a obra é composta por duas cúpulas que remetem a uma concha, doze colunas de sustentação e 20 vitrais. Segundo a Catedral, a construção da nova igreja começou em 1960, foi inaugurada em 5 de junho de 1977 e só foi finalizada em 24 de dezembro de 2005, quando foi concluída uma torre do campanário de 24 metros de altura. A projeto completo estava previsto desde 1959 na planta do arquiteto curitibano Matié.

Sociedade Harmonia Lyra

O registro fotográfico da Sociedade Harmonia Lyra é de 1942. A entidade foi fundada em 1858, com objetivo de entreter com teatro, música, dança e diferentes manifestações artísticas, ocupando prédios da região central. Em 1930, o atual prédio foi inaugurado. Desde então, tem recebido eventos culturais e políticos da elite joinvilense, desde bailes a óperas, teatros, apresentações musicais nacionais e internacionais, assim como protestos populares, como em agosto de 2013, quando foi palco do debate do futuro da cidade.

Rio Cachoeira

Fotografia do rio Cachoeira, feita por Alvacir Scharff, em 1981. A foto é parte do acervo do Museu de Arte de Joinville (MAJ). Ao fundo, é possível identificar o moinho, construído em 1913, sendo palco de greves operárias entre 1917 e 1943. O rio tem importância histórica para o município, e desde a criação da Colônia Dona Francisca, em 1851, foi utilizado para o deslocamento de pessoas e materiais de valor.

Garagem Opa Bier Aventureiro

Fundada em 2006, a Opa Bier Joinville nasceu com intuito de resgatar a tradição joinvilense de produzir cervejas. Além disso, foi também uma forma de homenagem aos primeiros colonizadores da cidade, que encontraram água pura para a produção da bebida, criando fama nacional de cidade cervejeira. Na foto, o antes e depois da construção da Garagem Opa Bier Aventureiro, na rua Tuiuti, criada para servir de local para encontros e comemoração, com opções de chopp e food trucks. [Patrocinado]

Veja mais imagens:
Parte 2 Parte 3

_______________________________

Confira também:
– Veja como foi o processo de produção do especial

– Grupos de Facebook resgatam fotos antigas de Joinville

– Entenda a importância da fotografia para preservação da história da cidade

_______________________________

Equipe

Fotos atuais: Tiago Schumacher
Foto antigas: Arquivo Histórico de Joinville
Curadoria de fotos antigas: Maikon Duarte
Apoio à produção: Sabrina Quariniri
Edição de imagens: Tiago Schumacher e Julia Barni
Edição de texto: Adriano Assis e Andrei Paloschi

 

Deixe uma resposta