+

Saiba quanto será investido na implantação da Travessia do Morro do Amaral, em Joinville

Ordem de serviço foi assinada nesta terça-feira, 14

Saiba quanto será investido na implantação da Travessia do Morro do Amaral, em Joinville

Ordem de serviço foi assinada nesta terça-feira, 14

A Prefeitura de Joinville entregou, nesta terça-feira, 14, a Ordem de Serviço para a implantação da travessia do Morro do Amaral.

O ato de assinatura foi realizado na Igreja Assembleia de Deus, na rua Kurt Meinert, no Paranaguamirim, e teve a presença do prefeito Adriano Silva, da vice-prefeita Rejane Gambin, vereadores, secretários municipais, lideranças comunitárias e religiosas e moradores da região.

O investimento é de R$ 1.023.704,70, com recursos obtidos por meio de financiamento junto ao Banco do Brasil. A obra será executada pela empresa Nostradamus Pré Fabricados em Concreto Ltda, e o prazo estimado para a conclusão é de seis meses.

Antiga reivindicação da comunidade local, a nova travessia vai proporcionar mais segurança e comodidade. A estrutura terá 23,16 metros de comprimento por 9 metros de largura. Na parte central, serão implantadas duas pistas para a travessia de veículos nos dois sentidos, cada uma com 6 metros de largura. Nas duas laterais haverá uma calçada para o trânsito de pedestres, cada uma com 1,5 metro de largura.

Mencionando as 80 obras de infraestrutura que acontecem simultaneamente em Joinville, o prefeito Adriano Silva destacou a implantação da travessia como uma das importantes melhorias que vêm sendo realizadas na zona Sul da cidade e, nesse caso, especialmente para a região do Morro do Amaral.

“A obra é fundamental para o Morro do Amaral, para a comunidade que sofria com o isolamento quando a maré estava cheia, a ponte ficava embaixo d’água e as pessoas não conseguiam trafegar. A obra traz facilidade na mobilidade, segurança e comodidade para quem transita a pé ou de automóvel”, afirma o prefeito.

A influência da maré e a particularidade que o fenômeno pode representar para a obra também foi comentada pelo secretário de Infraestrutura Urbana de Joinville, Jorge Sá. Ainda assim, ele reforçou o comprometimento da Prefeitura para realizar a obra de acordo com o cronograma proposto.

Além disso, a secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) vai realizar os trabalhos em duas etapas, de forma que não haverá comprometimento da trafegabilidade e acesso ao local.

“A obra não interdita a ponte existente. A construção da nova travessia será feita primeiro de um lado, que já poderá ser ocupado assim que for concluído. Em seguida, demolimos a estrutura antiga e fazemos a outra parte”, explica o secretário.


Assista agora mesmo!

Sargento Junkes leva o pai e o irmão para o bar da Zenaide para contar histórias de família:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo