Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Senador de SC é considerado o parlamentar com menor alinhamento ao governo no Congresso

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Senador de SC é considerado o parlamentar com menor alinhamento ao governo no Congresso

Raul Sartori

Oposição raiz
O senador Jorge Seif (PL-SC) é o parlamentar no Senado com menor alinhamento ao governo, conforme o portal Diário do Poder. Sua “taxa de governismo”, digamos assim, chegou a 39% neste ano. Três senadores votaram 50% das vezes para cada lado: Esperidião Amin (PP-SC), Tereza Cristina (PP-MS) e Flávio Bolsonaro (PL-RJ).
Ajuste fiscal
Analistas econômicos e políticos estão vendo algo de bom em SC: o ajuste fiscal que o governador Jorginho Mello promoveu nos primeiros 11 meses de seu governo. A sangria nas burras do Tesouro foi reduzida em R$ 800 milhões, com eliminação de entraves burocráticos e redução de custos diversos.

Presença 100%
Trinta deputados federais participaram de todas as sessões da Câmara neste ano. Entre eles está um único catarinense, Gilson Marques (Novo). O levantamento foi feito pelo portal Uol.

8 de janeiro
Viagens, férias e compromissos já agendados são algumas justificativas apresentadas por governadores alinhados ao bolsonarismo para não irem a evento organizado pelo Palácio de Planalto dia 8 de janeiro, para marcar um ano dos ataques aos prédios dos três Poderes em Brasília. A assessoria do governador Jorginho Mello diz que que ainda não foi informada sobre o convite, mas que ele deve permanecer em SC, para atender compromissos previamente agendados.

Escolas cívicas
Não é só o governo de SC que decidiu investir em escolas cívico-militares mesmo após o Ministério da Educação encerrar o programa federal na área. Paraná, São Paulo e Goiás são alguns dos que preservarão e ampliarão o modelo exaltado por Bolsonaro. No Paraná já são 194 e o número pode chegar a 318 em 2024.

Cobertura vacinal 1
Os catarinenses parecem ter superado o nefasto negacionismo quanto a vacinas dos tempos bolsonaristas. O Ministério da Saúde registra que o Estado reverteu tendência de queda nas coberturas vacinais e oito imunizantes do calendário infantil registraram alta em 2023. Aumentou a cobertura da vacina contra a meningite meningocócica, com números que saltaram de 81,8%, no ano passado, para 84,7% neste ano.

Cobertura vacinal 2
Também houve crescimento nas aplicações da DTP (difteria, tétano e coqueluche) que, neste ano registraram um percentual de 81,5%, com crescimento de 5,4% em relação ao ano passado, cujos índices ficaram em 77,3%. A vacina contra a febre amarela, indicada aos nove meses de idade, registrou aumento passando de 72,2% em 2022 para 75,8% neste ano. Os dados correspondem ao período de janeiro a outubro.

Rede Sarah
O Congresso Nacional aprovou semana passada a expansão da Rede de Hospitais Sarah Kubitschek para Cuiabá (MT), com investimento de R$ 180 milhões ao longo de três anos. Para lembrar: há uns 10 anos atrás a mesma rede manifestou interesse em instalar-se em SC e atender toda a região sul com seus serviços super especializados, destacando os de reabilitação física. O que consta é que formou-se um imenso lobby contrário por parte de organizações médicas daqui, que nunca vieram a público explicar os verdadeiros motivos.

Para aposentados
Quem procura no Google melhores cidades para aposentados no Brasil encontra múltiplas opções, mas com uma característica em todos os lugares indicados: Florianópolis está, sempre, entre os cinco primeiros. Outra cidade catarinense que aparece cada vez mais é Balneário Camboriú.

Lei questionada
A Procuradoria-Geral da República ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal para questionar lei de SC que permite ao Corpo de Bombeiros Militar e a municípios cassarem administrativamente o alvará e o atestado de habitação (“habite-se”) de imóveis residenciais ou empresariais já licenciados. A PGR sustenta que a matéria já está disciplinada na Constituição Federal e, por isso, não pode ser objeto da lei estadual 16.157, de 2013.


Assista agora mesmo!

Casarão Neitzel é preservado pela mesma família há mais de 100 anos na Estrada Quiriri, em Joinville:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo