+

Comissão de Urbanismo e Secretaria de Infraestrutura debatem limpeza dos rios em Joinville

Reunião ocorreu entre vereadores e representante do Seinfra

Comissão de Urbanismo e Secretaria de Infraestrutura debatem limpeza dos rios em Joinville

Reunião ocorreu entre vereadores e representante do Seinfra

Redação O Município Joinville

A preocupação com as enchentes em Joinville motivou requerimento do vereador Henrique Deckmann (MDB) para discutir na Comissão de Urbanismo a limpeza dos rios, córregos e valas da cidade. Representantes da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) participaram da reunião desta terça-feira, 16, para responder aos questionamentos dos vereadores. Eles esclareceram que a limpeza do Rio Cachoeira, o principal da zona urbana, ainda será estudada.

O requerimento de Deckmann, aprovado pela comissão, buscava esclarecimentos sobre a existência de uma política pública efetiva para a limpeza dos cursos tanto da área urbana quanto da área rural. De acordo com o vereador, esse trabalho diminuiria as enchentes, o que, na avaliação dele, têm prejudicado cada vez mais pessoas.

O vereador também questionou a existência de um plano de desassoreamento do Rio Cachoeira, que corta a área urbana de Joinville por 14 quilômetros. Secretário de Infraestrutura, Jorge Correia de Sá afirmou que, para o Cachoeira, no momento, não há nada elaborado. Entretanto, o secretário disse que está fazendo uma “série de estudos”, além da implementação de outras tarefas.

Para o secretário, o Cachoeira “é um assunto que certamente será discutido”, pois é “um item importante”. Ele ainda comentou que, quando assumiu a pasta, primeiro deu continuidade aos projetos que já estavam em andamento e que a partir de agora fará a elaboração de novas providências.

Alta demanda

Segundo informações apresentadas pelo engenheiro Fabiano Lopes de Souza, servidor da Seinfra, a pasta tem um setor específico, a Unidade de Drenagem, que é responsável por “uma demanda expressiva de trabalho de limpeza” dos 88 quilômetros de canais, 51 quilômetros de rios e dos 300 quilômetros de valas em Joinville. Fabiano afirmou que, por conta de existir a necessidade de um trabalho constante, a Seinfra possui contra com uma empresa especializada. Conforme Fabiano, a maior dificuldade é a limpeza dos trechos canalizados, que somam 40 quilômetros dentro da cidade.

Durante as respostas do requerimento de Deckmann, Jorge Correia de Sá e Fabiano Lopes de Souza destacaram que a Prefeitura fará investimentos nos rios Itaum-Açu e Bucarein, que segundo eles, possuem canais que “não suportam mais a vazão”. Outro rio citado pela Seinfra foi o Águas Vermelhas, entre o Vila Nova e o Morro do Meio, que receberá um processo de desassoreamento, que consiste na remoção dos materiais que ocupam o leito, aprofundando sua calha.

Os representantes da Seinfra não citaram datas, somente afirmaram que as ações serão realizadas em breve.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Joinville. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo