+

VÍDEO – Prejuízo milionário: operação prende quadrilha por extorsão de criptomoeda no Litoral Norte

Crime ocasionou prejuízo de cerca de R$ 1,2 milhão

VÍDEO – Prejuízo milionário: operação prende quadrilha por extorsão de criptomoeda no Litoral Norte

Crime ocasionou prejuízo de cerca de R$ 1,2 milhão

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, realizou a Operação Blockchain, com objetivo de dar cumprimento a oito mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão. Na ação, sete pessoas foram presas.

De acordo com a Polícia Civil, em janeiro deste ano, três pessoas armados invadiram a residência de um empresário na Praia Brava, em Itajaí, no Litoral Norte.

Eles renderam a vítima, seus familiares e funcionários. Todos foram feitos de refém por cerca de três horas.

Os criminosos ameaçavam o empresário e sua família para ele realizar transferências de valores em criptomoedas, joias, aparelhos eletrônicos e dinheiro em espécie. O prejuízo foi de cerca de R$ 1,2 milhão.

Investigação

O inquérito policial identificou três núcleos de atuação, sendo núcleo de execução, compostos pelos três indivíduos que invadiram a casa, o núcleo de coordenação, compostos por três pessoas que realizaram o levantamento de informações e cooptaram os demais partícipes e organizaram toda a empreitada.

Por último, o núcleo financeiro, composto por dois indivíduos que foram responsáveis por operacionalizar a transferência dos valores em criptomoedas.

Prisões na Argentina, Sergipe e Santa Catarina

Na tarde da quarta-feira, 4, por meio de uma ação integrada com a Interpol, Ministério da Justiça e Polícia Federal, dois suspeitos que estavam residindo em Buenos Aires foram capturados.

Outra operação realizada nesta quinta-feira, 5, prendeu um integrante do núcleo financeiro em Itaporanga d’Ajuda (SE). A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Civil de Sergipe (Cope e Dipol).

Já em Santa Catarina, dois integrantes do núcleo de coordenação já foram presos pela Operação X da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí.

Um deles foi detido pela participação em roubos a um banco e o outro por roubo a residência. Ambos tiveram novos mandados de prisão cumpridos.

Um segundo integrante do núcleo de execução foi detido em sua residência em Balneário Camboriú, e o terceiro envolvido encontra-se foragido. Foram apreendidos aparelhos eletrônicos.

Veja o vídeo:

Sequestro de dinheiro e criptomoedas

A partir do rastreamento das transferências, foi possível identificar que os valores foram encaminhados para fora do Brasil — Argentina e Peru — por meio da pulverização em carteiras de criptomoedas.

Foi encontrado o sequestro de valores em até R$ 1,2 milhão no sistema bancário e em corretoras de criptomoedas.

Os presos foram levados ao sistema penitenciário, onde ficam à disposição da Justiça. Eles respondem pelos crimes de roubo qualificado e extorsão qualificada. O Inquérito Policial será finalizado em até 30 dias.

Apoio policial

As diligências contaram com o apoio da Divisão de Fugitivos da Representação da Interpol da Argentina (PFA) e do Brasil (PF); Oficiais de Ligação da INTERPOL e Polícia Federal Argentina (PFA) em atuação no Centro de Cooperação Policial Internacional (CPPI) da Polícia Federal no Rio de Janeiro/RJ; do Setor de Capturas Internacionais da Polícia Federal (Secint/PF); do Centro Integrado de Operações de Fronteira do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Ciof/Senasp/MJSP), com sede o PTI – Parque Tecnológico Itaipu em Foz do Iguaçu/PR; da Divisão de Inteligência e Planejamento da Polícia Civil (Dipol) e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil de Sergipe (PCSE); da Gerência de Inteligência de Sinais e Laboratório de Tecnologia contra lavagem de dinheiro da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO); do Setor de Investigações Criminais (SIC) e do Núcleo de Operações com Cães (NOC) de Itajaí (PCSC).

Leia também:
1. Tempo em Joinville: Defesa Civil atualiza previsão de chuvas
2. Homem investigado por fraudes é preso dentro de banco em Joinville
3. Grupo de empresários de Joinville viaja ao Paraguai visando expansão de negócios
4. Homem é atropelado após briga em restaurante no Bucarein, em Joinville
5. Tempo em Joinville: veja previsão para esta sexta-feira e fim de semana


Assista agora mesmo!

Papo com quem entende: representante da Opa revela o mais novo sabor da cerveja:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo