+

Autor de homicídio em frente a supermercado é preso preventivamente em Blumenau

Informações foram confirmadas pelo advogado de defesa

Autor de homicídio em frente a supermercado é preso preventivamente em Blumenau

Informações foram confirmadas pelo advogado de defesa

Iáscara Zultanski

Durante este sábado, 4, uma audiência de custódia sobre o caso do homem que matou a facadas uma pessoa em situação de rua, aconteceu em Blumenau. O advogado de defesa, Rodolfo Warmeling, afirmou que a Justiça decretou prisão preventiva.

Conforme o advogado Rodolfo, será entrado com recurso para reverter a prisão preventiva. Segundo ele, será esperado a finalização do inquérito policial, para que seja possivel reestabelecer a liberdade do homem. “Por enquanto, a criança, filha dele, está ficando aos cuidados da mãe. Esse, inclusive, é um dos motivos pelos quais estamos insistindo tanto na liberdade dele. Então é uma situação que estamos trabalhando”, finaliza.

Versão do autor

Nesta sexta-feira, 3, um homem de 29 anos morreu após ser esfaqueado em frente ao Supermercado Giassi, na rua Antônio da Veiga, em Blumenau. O crime ocorreu por volta das 18h20.

O autor do crime foi identificado pela Polícia Militar como um homem de 41 anos. Conforme o advogado de defesa dele, Rodolfo Warmeling, inicialmente houve uma discussão entre o homem e a vítima, um vendedor ambulante.

Segundo o advogado, a discussão teria ocorrido pelo desrespeito por parte da vítima, “seguida por uma ameaça velada à integridade física da filha menor de idade do autor”.

“A vítima, insatisfeita com a ameaça proferida à integridade física da filha menor do autor, prosseguiu com ofensas de baixo calão e desferiu chutes no carrinho de bebê com novas ameaças. A ação foi instintiva de um pai [autor do crime] que estava na eminência de uma grande ameaça que colocava em risco não somente à sua integridade física, mas também, a de sua filha menor que conta com pouco mais de 2 anos de idade”, conta o advogado.

Após isso, ambos entram em luta corporal. Conforme Rodolfo, neste momento, o autor do crime teria desarmado a vítima, que estaria com a faca. Em seguida, ela foi usada no homicídio.

Ele salienta que o fato se trata de uma verdadeira tragédia. “É um fato lamentável oriundo de um pai que se viu ameaçado por um cidadão que desrespeitou todos os limites toleráveis, sobretudo, ao ameaçar a integridade física de uma criança com menos de 3 anos de idade”, continua Rodolfo.

“Nós vamos prosseguir com a audiência de custódia e nos prepararmos para os deslindes do processo, valendo-se das provas que pretendemos produzir, relato de testemunhas oculares que presenciaram os fatos e alegar tudo o que há de interesse defensivo para tutelar os direitos desse pai que agiu instintivamente para tutelar sua família”, finaliza o advogado.

Informações da PM

Neste sábado, 4, a Polícia Militar divulgou o boletim da ocorrência com mais detalhes do caso. Na sexta, ao chegarem no local, os policias prenderam o autor do crime e isolou a área. O Samu foi acionado, mas a vítima já estava sem vida.

A PM aponta que, de acordo com relatos coletados no local, o autor do homicídio estava indo até o supermercado com sua filha. Então, a vítima abordou ambos oferecendo uma paçoca à criança. Neste momento, iniciou-se uma discussão entre autor do crime e vítima.

Após isso, o autor teria adentrado o estabelecimento com a filha. Ao sair do supermercado, houve novo desentendimento entre as partes, sendo que o autor, de posse de uma faca, deu diversos golpes contra a vítima, que morreu no local.

Câmeras de segurança

A Polícia Militar complementou os relatos com imagens das câmeras de videomonitoramento e de pessoas que estavam no local. Todo o material foi entregue a Polícia Civil, que esteve presente na ocorrência junto de peritos da Polícia Científica.

Segundo boletim da PM, o autor do crime machucou a mão esquerda, provavelmente pelo uso da própria arma utilizada no esfaqueamento. Além disso, os pertences da vítima foram levados até o Centro Pop pelo coordenador da abordagem social, que relatou que a vítima seria pessoa em situação de rua.

O autor foi conduzido ao hospital para avaliação médica em decorrência da lesão na mão. Em sequência, foi levado à Polícia Científica e Central de Polícia Civil para procedimentos de praxe.


Assista agora mesmo!

Maionese fit: como fazer receita deliciosa com abacate, sem sabor de abacate:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo