+

Cliente que comprou prótese para perna com defeitos é indenizada em Joinville

Caso aconteceu em 2021

Cliente que comprou prótese para perna com defeitos é indenizada em Joinville

Caso aconteceu em 2021

Yasmim Eble

Uma mulher que comprou uma prótese para perna com defeitos e com atraso na entrega foi indenizada, em Joinville. Ela receberá R$ 30,7 mil por danos morais e materiais. 

Segundo o juízo da 3ª Vara Cível, da Comarca de Joinville, condenou a empresa de produtos hospitalares a indenizar uma consumidora que, após amputar a perna, passou por problemas com a prótese. 

A cliente adquiriu a prótese para a perna amputada no valor de R$ 9,2 mil. Ao receber o produto, fora da data combinada, ela verificou que o produto não atendia às suas necessidades. Tais problemas impedia ela de se locomover. 

O produto tinha como data de entrega 60 dias após o pagamento, ou seja, em 19 de julho de 2020. A entrega só aconteceu em 8 de maio de 2021.

Enquanto aguardava a entrega da prótese definitiva, a autora utilizou uma prótese temporária cedida pela ré, pelo período de quatro meses. Nos cinco meses restantes, necessitou do auxílio de uma cadeira de rodas para locomoção.

Leia também:
1. Polícia Militar inaugura em Joinville o 1º Batalhão de Pronta Resposta do estado
2. Casa de campo em Joinville está entre destinos preferidos no Airbnb em SC
3. Obituário de Joinville: confira falecimentos dos últimos dias
4. Cidade das Águas: evento divulga novidades sobre o primeiro bairro inteligente de Joinville
5. Ruas de dois bairros de Joinville podem ter falta de água nesta quarta-feira


Assista agora mesmo!

Maionese fit: como fazer receita deliciosa com abacate, sem sabor de abacate:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo