+

Com um a mais, JEC sofre gol nos acréscimos e perde para lanterna Nação na Copa Santa Catarina

Leão conquistou a primeira vitória em oito jogos na competição

Com um a mais, JEC sofre gol nos acréscimos e perde para lanterna Nação na Copa Santa Catarina

Leão conquistou a primeira vitória em oito jogos na competição

Bruno da Silva

Com um a mais em grande parte do segundo tempo, o JEC chegou a buscar o empate, mas acabou derrotado pelo Nação com gol nos acréscimos nesta sexta-feira, 7. Vitinho abriu o placar, Gabriel Marques igualou e Diego deu a primeira vitória ao Leão na Copa Santa Catarina 2022. O jogo válido pela oitava rodada aconteceu no estádio Genésio Ayres Marchetti, em Ibirama.

Com a primeira vitória na competição, o Nação vai a cinco pontos, ainda na sexta e última colocação, quatro deles conquistados contra o JEC. O Tricolor é o vice-líder, com 12.

Nação aproveita chance e sai na frente

Desde o início da partida em Ibirama, o JEC teve mais a iniciativa. O time de Jerson Testoni terminou a etapa inicial com nove a cinco em finalizações e, durante grande parte do primeiro tempo, ocupou o campo de ataque. Com menos de um minuto, Rodriguinho limpou na entrada da área, encheu o pé esquerdo e acertou o lado de fora da rede, levando muito perigo.

Já aos 7, Mauri recebeu de Rodriguinho dentro da área e finalizou cruzado, perto da trave esquerda de Agenor. Nos contra-ataques, o Nação, pior ataque e pior defesa da competição, conseguiu algumas boas oportunidades, principalmente com o trabalho de Patrick Vieira e Vitinho. Aos 9, o camisa 10 fez jogada individual na intermediária e encheu o pé, mandando sobre o gol de André Luiz.

A presença do JEC no campo ofensivo continuou até o fim do primeiro tempo, mas, com as chances perdidas, o time deixou o jogo aberto para o Nação. Na bola parada, o Joinville voltou a assustar aos 29, Mauri cobrou escanteio na entrada da pequena área e Gabriel Marques desviou de cabeça, à esquerda do gol.

Aos 34, o Nação mostrou um pouco de suas armas, quando Sousa recebeu com espaço dentro da área e descolou belo chute, mandando perto do ângulo. Cinco minutos depois, após grande virada de Patrick Vieira, Vitinho recebeu com espaço pela direita, invadiu a área e deu um drible lindo em cima de André Baumer antes de estufar as redes de André Luiz: 1 a 0 para os mandantes.

O Joinville seguiu buscando o gol na reta final da etapa inicial, mas o placar se manteve até o intervalo.

Continua após o anúncio

JEC busca empate com um a mais

Para a etapa final, Jerson Testoni colocou Lailson e João Vitor nos lugares de Danilo e Rodriguinho, e o Joinville pressionou desde os primeiros momentos. A presença no ataque, assim como no primeiro tempo, se manteve, mas o Tricolor passou a ter mais criatividade.

A primeira grande chance veio aos 10, quando Lailson cabeceou livre na área após cruzamento da direita e só parou em grande defesa. No minuto seguinte, Mauri recebeu grande lançamento de Elionay e apareceu bem na área, mas finalizou à esquerda do gol.

Depois de um início intenso, o JEC abaixou um pouco o ritmo, mas um lance inusitado reacendeu o Tricolor. Aos 20, o juiz Edson da Silva deu o segundo amarelo para Patrick Vieira por “cera”. O camisa 18 do Nação caiu no gramado para ser substituído e o árbitro o puniu com o cartão.

Nove minutos depois, saiu o gol de empate. Após cobrança de falta lateral de Mauri, Gabriel Marques subiu bem e cabeceou alto para vencer Agenor: 1 a 1. Dois minutos depois, por pouco, não veio a virada. Gustavo Henrique recebeu de Mauri dentro da área, girou e chutou bonito, mas o goleiro do Nação salvou de forma incrível.

Gol decisivo nos acréscimos

Depois dessas boas chances do JEC em sequência, o Nação conseguiu esfriar o jogo. O Tricolor seguia se lançando para o ataque, mas, na bola parada, o Leão decidiu no final. Eliseu cobrou falta lateral na área e o zagueiro Diego desviou de cabeça para vencer André Luiz e assegurar o triunfo do Leão em Ibirama.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira, 12. O JEC recebe o Figueirense, às 16h, enquanto o Nação joga outra vez em Ibirama, diante do Hercílio Luz, às 15h.

Nação 2×1 Joinville

Nação: Agenor; Da Silva, Diogo, Paulo, Marco Antônio (Diego, min. 28/2ºt); Leo Caeté (Lucas Sales, min. 38/2ºt), Zemarcio, Vitinho (Eliseu, min. 38/2ºt); Sousa (Gustavo Poffo, min. 22/2ºt), Mateus (Luis Ricardo, min. 28/2ºt), Patrick Vieira. Técnico: Raul Cabral

Joinville: André Luiz; Genilson (Gustavo Henrique, min. 28/2ºt), Gabriel Marques, André Baumer, Jerfferson Recife (Bruno Rocha, min. 23/2ºt); Elionay (Mirandinha, min. 34/2ºt), Nelsinho, Lorran; Mauri, Danilo (Lailson, intervalo), Rodriguinho (João Vitor, intervalo). Técnico: Jerson Testoni

Gols: 1×0, min. 40/1ºt, Vitinho. 1-1, min. 30/2ºt, Gabriel Marques. 2×1, min. 47/2ºt, Diego

Arbitragem: Edson da Silva, auxiliado por Johnny Barros de Oliveira e Alex dos Santos

Amarelos: Da Silva, Patrick Vieira, Léo Caeté (NAC); Genilson, Jerson Testoni, Mauri, Nelsinho (JEC)

Vermelho: Patrick Vieira (NAC)

– Assista agora:
Almofadas de coração amenizam dor de mulheres que retiraram seios, em Joinville

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo