+

Escola municipal de Joinville tem quedas de luz devido à obra; prefeitura se manifesta

Sinsej acredita que ligação é irregular; prefeitura nega

Escola municipal de Joinville tem quedas de luz devido à obra; prefeitura se manifesta

Sinsej acredita que ligação é irregular; prefeitura nega

Fred Romano

A Escola Municipal Professora Karin Barkemeyer, no bairro Vila Nova, recebeu na última quinta-feira, 8, a visita da direção do Sinsej — Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville. A direção foi ao local para averiguar uma denúncia de uma suposta ligação irregular de energia elétrica em uma obra da Prefeitura de Joinville.

Conforme relato do sindicato, a prefeitura adquiriu um terreno adjacente à escola e está construindo um Centro de Educação Infantil (CEI) no local. No entanto, a obra estaria utilizando a energia da escola para alimentar o maquinário, o que tem causado quedas frequentes de energia na unidade de ensino, afetando o funcionamento de equipamentos essenciais como luz, ar-condicionado e computadores.

No dia da visita do sindicato à unidade, a energia teria caído por mais de dez vezes. Outra questão apontada pelo sindicato é que, após cada queda de energia, é preciso esperar um tempo para religar, já que o disjuntor está quente.

Segundo os diretores do sindicato, durante a visita foi constatado que foi realizada uma adaptação para permitir o uso da energia da escola na obra do CEI. Esta adaptação consiste em dois fios passando por cima do muro em direção ao telhado da escola. Relatos de servidores indicam que a situação perdura desde o final do ano passado, causando preocupação quanto à segurança e à regularidade da instalação elétrica.

O que diz a prefeitura?

Por outro lado, a Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Educação, confirma que o imóvel ao lado da escola está sendo adaptado para abrigar um novo CEI municipal. Enquanto aguarda a ligação da nova entrada de energia por parte da Celesc, a Secretaria de Educação utiliza uma extensão de energia da escola para operar as ferramentas da obra.

Ainda conforme a prefeitura, a ação não oferece risco à segurança de alunos e profissionais. A administração municipal também ressalta que, como se tratam de duas unidades da Secretaria de Educação, não há nenhuma ligação ilegal ou irregular de energia.

Confira a nota da prefeitura na íntegra:

A Secretaria de Educação informa que trabalha em um imóvel ao lado da Escola Municipal Karin Barkemeyer – Extensão, no bairro Vila Nova, para que seja adaptado em um novo Centro de Educação Infantil (CEI) municipal.

Enquanto aguarda a ligação da nova entrada de energia no imóvel, por parte da Celesc, a Secretaria de Educação utiliza uma extensão de energia da escola para operar as ferramentas da obra.

Importante destacar que a ela não oferece risco à segurança de alunos e profissionais.

Como se tratam de duas unidades da Secretaria de Educação, não há nenhuma ligação ilegal ou irregular de energia.

Leia os destaques da semana:
1. Empresa investe R$ 350 milhões em Joinville para expansão
2. Saiba valor da multa para empresa responsável por derramamento de ácido na Serra Dona Francisca
3. Cursos do IFSC Joinville estão com inscrições abertas para cadastro de reserva
4. Saiba quais atividades físicas serão oferecidas gratuitamente em Joinville
5. Consulta ao valor do PIS/Pasep de 2024 é liberada; saiba quem tem direito


Assista agora mesmo!

RISOTO SEM ARROZ: VOCÊ NUNCA MAIS VAI QUERER FAZER RISOTO DE OUTRO JEITO:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo