+

Homem é condenado por falsificar diploma e atuar como professor em Joinville

Réu atuou no cargo entre 2020 e 2021

Homem é condenado por falsificar diploma e atuar como professor em Joinville

Réu atuou no cargo entre 2020 e 2021

Vítor Filomeno | Revisão

Um homem foi condenado por atuar como professor em Joinville utilizando um diploma falso. Ele terá de ressarcir aos cofres públicos a quantia referente aos 14 meses em que exerceu o cargo, entre os anos de 2020 e 2021. A decisão é do juízo da 1ª Vara da Fazenda Pública de Joinville. Além disso, o réu também não poderá contratar com o Poder Público nem receber benefícios ou incentivos fiscais pelos próximos dois anos.
Segundo o processo, o condenado foi aprovado no processo simplificado para o cargo de professor de inglês, porém, para preencher os requisitos do edital, usou um diploma de graduação falso. Com isso, aprovado, passou a lecionar e, consequentemente, receber remuneração do Poder Público, no período de fevereiro de 2020 a abril de 2021.

O processo na esfera criminal está em andamento, tratando-se de improbidade administrativa. De acordo com o sentença, mesmo que o grau de escolaridade dele o autorizasse a atuar no cargo, isso não altera o uso de documento falso junto ao Poder Público, o que culmina no ato de improbidade administrativa.

Leia também:
1. Um terço dos brasileiros defende que universidades públicas cobrem mensalidade de estudantes ricos
2. Após acidente com produto químico, PM Ambiental vistoria Baía da Babitonga
3. Confira tudo que sabemos sobre o acidente que derrubou ácido na Serra Dona Francisca
4. Deputado de Joinville sugere que população que “exagerou” na compra de água faça doação
5. Saiba qual a previsão para normalização do abastecimento de água em Joinville


Assista agora mesmo!

PINK LEMONADE SAUDÁVEL: DRINK SEM ÁLCOOL PARA REFRESCAR O SEU VERÃO:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo