Júri condena acusado de matar homem que teria furtado pendrive em Joinville

Crime ocorreu em julho de 2018, no bairro Morro do Meio

Júri condena acusado de matar homem que teria furtado pendrive em Joinville

Crime ocorreu em julho de 2018, no bairro Morro do Meio

Redação

O Tribunal de Júri condenou nesta quinta-feira, 15, um homem acusado pelo crime de homicídio, cometido em julho de 2018, no bairro Morro do Meio, em Joinville. O crime foi motivado pela suspeita de furto de um pendrive.

Segundo o Ministério Público (MP), o réu Élisson Santos de Aquino acreditava que a vítima, Claudinei Bran de Oliveira, teria furtado um pendrive e, por isso, cometeu o crime.

“Com a nítida intenção de matar, golpeou a vítima, provavelmente se utilizando de um faca, provocando-lhe a lesão descrita no Laudo Pericial”, aponta a acusação do MP.

O Tribunal de Júri ouviu todos os envolvidos na ocorrência e decidiu pela condenação de Aquino. A sentença foi de 12 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo