+

Prefeitura contrata empresa para fazer estudo sobre moradores de rua em Joinville

Objetivo é conhecer realidades dos moradores

Prefeitura contrata empresa para fazer estudo sobre moradores de rua em Joinville

Objetivo é conhecer realidades dos moradores

Thiago Facchini

A Prefeitura de Joinville contratou uma empresa para elaborar um estudo sobre os moradores em situação de rua na cidade. O nome do levantamento é Diagnóstico Social e Comportamental da População em Situação de Rua do Município de Joinville.

O processo foi aberto aberto em junho para contratação da empresa responsável pelo estudo. Foi feito por meio de pregão eletrônico, do tipo menor preço. A empresa que ofereceu o menor custo à prefeitura para prestar o serviço foi a Qualitest Ciência e Tecnologia, que ofereceu uma proposta de R$ 298,8 mil. O resultado foi homologado nesta segunda-feira, 25.

O estudo envolverá quatro grupos: moradores de rua nascidos em Joinville; moradores de rua que vieram de outros municípios; moradores de rua que estão em Joinville por, no mínimo, seis meses; e trecheiros, que estão em Joinville, mas transitam pelas cidades.

Dados

Será determinado também o recenseamento, para que a prefeitura tenha informações do número de moradores de Joinville que estão em situação de rua. Na pesquisa haverá também um diagnóstico com a realidade de cada morador. O estudo será realizado em duas etapas, uma no verão e uma no inverno, considerando a quantidade de pessoas nas ruas de Joinville em cada estação.

“O objetivo de realizar o diagnóstico social é identificar, por meio de pesquisa, o perfil das pessoas em situação de rua e conhecer suas realidades. Será possível identificar demandas, propor metas, estratégias e ações de atendimento às necessidades apresentadas”, explica a Secretaria de Assistência Social de Joinville.

O perfil da população é um dos assuntos que será abordado, sendo tratada as características sociodemográficas. Entre os indicadores específicos estão saúde, trabalho, renda, educação, assistência social, trajetória de vida e segurança pública.

A pesquisa deve identificar também e listar as redes de apoio que os moradores de rua têm. O local em que as pessoas ficam nas ruas de Joinville também será levantado pela empresa prestadora do serviço.

Os indicadores específicos irão abordar ainda questões como o acesso dos moradores de rua a atendimentos básicos de saúde, o grau de escolaridade, histórico infracional quando adolescente e outros diversos temas.

Atualmente, as medidas tomadas pela prefeitura em apoio aos moradores em situação de rua são por meio do Centro Pop, que oferta atendimento. “É possível, por exemplo, fazer os documentos pessoais, encaminhamento para atendimento em busca de colocação no mercado de trabalho, além de cadastro para alimentação no restaurante popular”, esclarece a secretaria.

Leia também:
– JEC Futsal voltará a jogar em Joinville; confira local
– Homem é encontrado morto com ferimento no pescoço em Joinville
– Auxílio Brasil tem calendário antecipado; veja novas datas
– Jovem de 19 anos morre no hospital após acidente na BR-470, no Vale do Itajaí
– Mesmo sem mandado, suspeito de feminicídio em Blumenau deve se entregar à polícia

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo