+
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - [email protected]

Governo de SC deixa de publicar notícias no período eleitoral, mas Alesc mantém publicações

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - [email protected]

Governo de SC deixa de publicar notícias no período eleitoral, mas Alesc mantém publicações

Raul Sartori

Interpretações
Impressiona como uma mesma lei, explicita e clara, como é a Eleitoral, pode ter tantas e disparatadas interpretações. Será que é verdadeiramente lida por quem deveria? Um exemplo: o portal do governo estadual não emite notícia nenhuma, nem de utilidade pública, devido a tal lei. Enquanto isso, a Assembleia Legislativa publica suas atividades normalmente, inclusive envolvendo deputados que são candidatos à reeleição. Alguém pode explicar, por favor?

Pesquisas 1
Este espaço, apolítico e apartidário que é, sempre tem suas justificadas reservas quanto às pesquisas eleitorais. Sobre as dos últimos dias e horas, quanto à presidência da República, se questiona como um candidato que tem medo de ir às ruas tem rejeição expressivamente mais baixa que seu oponente direto, que vai e é aclamado em qualquer espaço público do país. As pesquisas refletem ou não o termômetro das ruas? A conferir após às 17 horas do dia 2 de outubro.

Pesquisas 2
Uma certeza há sobre as pesquisas: algum instituto, provavelmente mais de um, vai ter que se explicar muito assim que forem abertas as urnas quanto à sucessão presidencial. Nos levantamentos dos últimos sete dias, um apontou uma diferença de Lula para Bolsonaro de menos de 4 pontos; outra de 16.

Respeito
Queiram ou não, Lula é candidato à Presidência da República e merece respeito. Assim, nada contribui para melhorar o já conflagrado ambiente político a exibição em rede social, do empresário catarinense Luiz Henrique Crestani, onde aparece, ao lado de sua esposa, praticando tiro ao alvo. O alvo, no caso, e com direito à mensagem “Atire no ladrão” na parte superior do cartaz, é uma imagem do ex-presidente. Diante da repercussão, Crestani apagou o vídeo.

UFSC
A QS Quacquarelli Symonds, organização que avalia instituições de ensino em todo o mundo, divulgou ontem uma lista das melhores universidades da América Latina. No Brasil a Universidade de São Paulo (USP) é a representante mais bem colocada, em 2º lugar, seguida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 5º, e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 8º. A nossa UFSC não está nada mal. Pontua o 23º entres as 50 melhores da América Latina.

Preferência
No comitê de campanha do senador Jorginho Mello (PL), onde se faz o monitoramento permanente quanto à presença de Bolsonaro nas peças publicitárias de postulantes ao governo do Estado, se constatou que o presidente da República tem dado, embora levemente, mais atenção ao concorrente, o senador Esperidião Amin (PP).

Padrão Fifa
A Confederação Brasileira de Futebol CBF escalou quatro árbitros da Fifa para apitaram os jogos decisivos da Série C, neste final de semana, quando sairão os finalistas que subirão para a Série B. Para Figueirense e ABC, em Florianópolis, por exemplo, foi escalado o qualificado Flávio Souza. Todas as partidas vão contar com o VAR.

Crueldade
Foi negado habeas corpus e ficará preso no complexo prisional de Concórdia, até o julgamento, um homem que jogou ácido em um cão de rua em Itá, cidade próxima, na penúltima semana. O animal teve alta da clínica veterinária onde passou por cirurgia, e está sob os cuidados de um morador que se voluntariou para trocar os curativos e administrar remédios.

Espectro
A previsível e politicamente criativa “Folha de S. Paulo” resolveu criar uma espécie de “ranking da esquerda para a direita”. Já concluiu que o PCO, comandado Rui Costa Pimenta, é o partido mais à esquerda, e o Novo, do presidenciável Luiz Felipe d’Avila, o mais à direita. O PSD, de Gilberto Kassab, ocupa posição central. Explica que a posição política das siglas se baseia em critérios diversos, como votação na Câmara, coligações e – ali é que está o busílis, já que a grande maioria é de esquerda – opinião de especialistas. Melhor dizer “especialistas”, com aspas.

Digestão
A Oktoberfest sabe que se não se renovar e reciclar constantemente, apresentando novidades, cansará o visitante. Ciente disso na edição deste ano oferecerá licores digestivos produzidos na própria Blumenau, pela Schluck, que os fabrica há mais de 75 anos, com receitas trazidas pelos primeiros colonizadores alemães, mas alinhados com a coquetelaria moderna.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo