+

Sem reajuste, professores grevistas podem ter salários cortados em Santa Catarina

Medida foi anunciada pelo governador Jorginho Mello

Sem reajuste, professores grevistas podem ter salários cortados em Santa Catarina

Medida foi anunciada pelo governador Jorginho Mello

Marlos Glatz

Neste domingo, 28, o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), publicou um vídeo nas redes sociais sobre as greves dos professores no estado.

No vídeo, Jorginho nega a principal reivindicação da categoria, que é a descompactação da folha de pagamento. Além disso, o governador anunciou que os professores que não forem trabalhar e estiverem nas paralisações terão os salários descontados.

Jorginho destacou que “nesse momento, é absolutamente inviável” a descompactação da folha de pagamento, porque “custaria R$ 4,6 bilhões dos cofres públicos e violaria a Lei de Responsabilidade Fiscal.”

O governador ainda ressalta que o governo “já aumentou em mais de 100% o vale-alimentação, revisou o desconto de 14% criado pelo governo anterior para aposentados”.

Ainda conforme o vídeo, Jorginho Mello diz que até junho o governo vai realizar um concurso para contratar cerca de 10 mil novos professores. “Também vamos viabilizar que todos os professores tenham um horário remunerado fora da sala de aula para planejar conteúdos e provas”, destaca o governador.

Por fim, Jorginho afirma que o governo vai contratar professores temporários para manter as escolas funcionando normalmente.

Leia também:
1. Celesc inicia transição para novo sistema nesta terça-feira; entenda mudanças
2. TSE define nova data para julgamento do processo que pede cassação do senador Jorge Seif
3. Tempo em Joinville: veja previsão para últimos dias de abril
4. Homem é preso por diversos crimes sexuais em Joinville
5. Quatro pessoas são presas em nova fase da Operação Mensageiro em Santa Catarina


Assista agora mesmo!

Região de Joinville já era habitada há 10 mil anos: conheça os quatro povos anteriores à colonização:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo