+

Youtuber é preso após simular assalto e mobilizar PM em SC

Caso assustou moradores e envolveu helicóptero da polícia

Youtuber é preso após simular assalto e mobilizar PM em SC

Caso assustou moradores e envolveu helicóptero da polícia

Marlos Glatz

O youtuber Jonatan Santos, de 28 anos, foi preso pela Polícia Militar nesta quarta-feira, 18, após gravar uma cena falsa de assalto em Balneário Camboriú. O caso mobilizou diversas viaturas e o helicóptero da PM. Jonatan tem cerca de 3,5 milhões de inscritos em seu canal.

Tudo começou quando os policiais receberam chamado via 190, de que um roubo estaria ocorrendo próximo a um clube de tiro, localizado no bairro Nova Esperança. Conforme a ligação, alguns homens teriam realizado um assalto no local, portando fuzis, e teriam fugido em uma caminhonete Ford Ranger.

PM mobilizada

Pela gravidade da ocorrência gerada, todas as viaturas e motos policiais do batalhão, bem como o helicóptero Águia 07 foram empenhados para averiguar a situação, dando início a uma grande operação e cerco na tentativa de localizar os referidos agentes e o veículo utilizado.

Outras ocorrências existentes no sistema, que aguardavam atendimento policial, foram deixadas em segundo plano, já que a gravidade do suposto assalto exigiu a mobilização de todos os PMs disponíveis.

Vários moradores da região relataram a mesma informação da ligação feita, indicando a rota de fuga do veículo suspeito. Policiais de Itapema e Itajaí realizaram barreiras na BR-101 para não acontecer uma possível fuga dos suspeitos.

Buscas

Depois de cerca de 30 minutos de intensas buscas pelos homens, foi possível encontrar a caminhonete estacionada em uma residência, localizada na rua Nova Iguaçu. Então, os policiais cercaram a casa e abordaram o morador, que era Jonatan.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Ele relatou à PM que é youtuber e que estava gravando um vídeo de simulação de assalto para seu canal e que as armas utilizadas seriam do tipo airsoft. Ainda confirmou que não possui nenhuma autorização dos órgãos públicos competentes para gravar tais cenas em via pública.

Falso assalto

Pessoas que caminhavam pela rua, quando aconteceu o falso assalto, relataram que Jonatan ainda teria apontado uma arma, mandando ir embora, com voz e gestos. Que diante da situação, fugiram correndo desesperadamente, até uma fábrica e pediram o funcionário do local para ligar para a Polícia Militar.

Segundo a PM, além de Jonatan, crianças também participaram da simulação portando as armas airsofts. O caso foi repassado ao Conselho Tutelar.

Prisão

Diante dos fatos, principalmente pelo atentado contra o funcionamento do serviço policial militar, ao provocar prejuízo ao atendimento de outras ocorrências e a atividade de policiamento ostensivo preventivo, a guarnição deu voz de prisão em flagrante para o youtuber, pelos crime do artigo 265 do Código Penal, bem como pelo crime de ameaça e pela contravenção penal de perturbação do trabalho ou sossego alheios, com penas que podem chegar a 5 anos de reclusão.

As armas de airsoft e demais itens utilizados na gravação foram apreendidos como objetos do ilícito praticado. Nas filmadoras apreendidas há várias cenas das gravações feitas em simulação ao assalto.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Leia também:
1. Homem é baleado no pé enquanto caminhava na rua em Joinville
2. Líderes políticos catarinenses que participaram de invasão em Brasília são alvo de expurgo
3. Resultado da Mega-Sena: 30 apostas de Joinville acertam a quadra; confira os valores
4. Saiba como está andamento da construção do complexo educacional da Fiesc em Joinville
5. Homem é preso por estupro de vulnerável pela Polícia Civil de SC

– Assista agora:
Região de Joinville já era habitada há 10 mil anos: conheça os quatro povos anteriores à colonização

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo