+

Bastidores indicam que Charles Fischer vai tentar reeleição no JEC; presidente nega

Processo eleitoral do clube deve ocorrer entre novembro e dezembro

Bastidores indicam que Charles Fischer vai tentar reeleição no JEC; presidente nega

Processo eleitoral do clube deve ocorrer entre novembro e dezembro

Bernardo Gonçalves

Circula nos bastidores do JEC que Charles Fischer, presidente do clube desde janeiro de 2021, vai tentar a reeleição para presidência do biênio 2023/2024. Entretanto, ele nega a candidatura. 

Informações obtidas pela reportagem do jornal O Município Joinville com fontes ligadas ao clube apontam que mesmo com um grande desgaste, Charles é o único nome com força dentro da diretoria executiva atual para disputar o pleito.

Ainda não se tem informações de quais nomes devem compor a chapa eleitoral, porém, conforme apurado pela reportagem, a tendência é que a diretoria seja composta pelas pessoas que estão atualmente dentro do clube. Porém, a disputa deve depender do desempenho do time na Copa Santa Catarina, que inicia em agosto. 

Desde que assumiu a gestão do JEC, Charles viu o Joinville ser campeão da Copa Santa Catarina de 2020, disputada em 2021 por conta da pandemia da Covid-19, em cima do Concórdia e também erguer a taça da Recopa Catarinense, contra a Chapecoense.

Entretanto, também presenciou a eliminação da equipe nas quartas de final do Catarinense contra o Brusque, o que fez com o clube precisasse subir da Série D para a C para não ficar sem calendário nacional em 2022. Mas isso não aconteceu e o tradicional tricolor catarinense ficou “sem série” após a derrota nos pênaltis para o Uberlândia, na Arena Joinville.

Já neste ano, o resultado dentro de campo também não foi positivo e o JEC ficou próximo de ser rebaixado para a Série B do Campeonato Catarinense. Mas, dois gols do atacante Victor Rangel na última rodada contra o Barra, fizeram com que o clube permanecesse na elite do futebol de Santa Catarina.

Com estes resultados, a diretoria viu a situação financeira do clube se complicar cada vez mais, com bloqueio de contas constantes, mesmo com a redução das dívidas de R$ 50 para R$ 46 milhões. Com isso, foi protocolado no dia 23 de maio, e aceita no dia 9, o processo de recuperação judicial para pagar parte do valor total. A decisão dividiu opiniões entre torcedores e outro poderes do clube, que possuem grandes criticas pela gestão atual.

Em contato com a reportagem do jornal O Município Joinville nesta quarta-feira, 29, Charles negou que tentará a reeleição. Ele afirma que o pensamento atual é a disputa da Copa Santa Catarina.

Processo Eleitoral

O processo eleitoral do Joinville deve ocorrer entre novembro e dezembro. Pelo estatuto, as inscrições das chapas precisam acontecer 60 dias antes disso, ou seja, em setembro caso o prazo seja oficializado. Os dias específicos para isso acontecer ainda não foram decididos.

Leia também:
– Polícia Civil pede prisão preventiva de homem acusado de estuprar adolescente em Joinville
– Saiba como está o andamento das obras de pavimentação no bairro Floresta, em Joinville
– “Tive que reler várias vezes”, conta confeiteira após cliente pedir para devolver bolo de aniversário em Joinville
– Após briga, pais adotivos são detidos e adolescente é apreendido no Vale do Itajaí
– Pedido para criação da CPI do MEC é protocolado no Senado; confira assinaturas

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo