+

Joinville recebe festival de jazz neste fim de semana; confira programação

Evento também tem atrações na próxima segunda-feira

Joinville recebe festival de jazz neste fim de semana; confira programação

Evento também tem atrações na próxima segunda-feira

Brenda Pereira | Revisão

Joinville recebe um festival de jazz a partir deste sábado, 18. A primeira edição do Harmoniza Jazz Festival recebe atrações nacionais e internacionais na Sociedade Harmonia-Lyra para shows, debate e workshop. O evento vai até segunda-feira, 20.

O Harmonia Jazz Festival é uma realização da Sociedade Harmonia-Lyra, Branco Produções, Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura e governo federal.

Sábado, 18

O festival inicia às 20h. Quem abre as apresentações no sábado é o quinteto The Jazz Passengers, que reúne músicos destacados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul: Gabriel Barbalho (trompete), Elio Vistel (sax tenor), Yves Tanuri (piano), Tiê Pereira (contrabaixo) e Bruno Braga (bateria). O grupo promete uma grande apresentação dos clássicos do bebop e do hard bop, reproduzindo a sonoridade de formações clássicas do jazz, como o Art Blakey and The Jazz Messengers, principal referência do grupo.

A primeira noite segue com a cantora Claudia Bossle, que fará um tributo a maior cantora de jazz de todos os tempos, Ella Fitzgerald, apresentando canções icônicas como “Blue Skies”, “Everytime We Say Goodbye”, “Love For Sale” e “Route 66”. Claudia – que roda o Brasil com o show Ella por Elas, ao lado da cantora Jessica Pereira – improvisa ao melhor estilo scat singing, marca registrada da cantora americana.

Quem encerra a primeira noite é o trio espanhol Sumrrá, originário da Galícia. Com mais de 20 anos de existência e centenas de shows pelo mundo, Sumrrá é o grupo de jazz galego mais internacional da Espanha. O grupo está lançando seu sétimo disco, “Sumrrá 7 visións”. Vivendo em Compostela, o trio traz uma visão muito particular do jazz, com um resultado surpreendente.

Domingo, 20

A segunda noite do festival abre às 20h com o guitarrista Mazin Silva, de Blumenau. A musicalidade de Mazin é genuinamente brasileira. Ele toca de samba, baião, bossa nova e jazz a funk-rock, baladas e músicas regionalistas do Sul. Para o festival, Mazin preparou um show especial ao lado de Jimmy Allan (bateria) e Caio Fernando (baixo).

Depois é a vez do trombonista paulista Jorginho Neto, um dos principais nomes do novo jazz brasileiro. Apadrinhado por Raul de Souza, seu trabalho tem sido reconhecido nacional e internacionalmente, em festivais de jazz nos Estados Unidos e no Uruguai. Já tocou com nomes como Frank Sinatra Jr., Roberto Menescal, Gilberto Gil, João Bosco, Ivan Lins e Dom Salvador, além de manter projetos paralelos como Sound Scape, Banda Savana, Banda Retete, Banda Urbana, Oitodobem e Sandália de Prata.

Para encerrar, a principal atração internacional do festival, o duo de pianos do congolês Ray Lema e do francês Laurent de Wilde. O jazz, a música clássica e as músicas africanas se misturam e se combinam para servir a um canto único, o de dois grandes artistas apaixonados por encontros entre os mundos. Ray Lema, em especial, ficou conhecido em meados dos anos 80 no cenário da world music, enquanto Laurent sempre se envolveu em projetos variados, incluindo seu trio de jazz e música eletrônica e documentários para a TV sobre sobre Thelonious Monk e Charles Mingus.

Ingressos

Os ingressos variam de R$ 40 a R$ 1,1 mil (camarote) e estão à venda no site eticketcenter.com.br e na secretaria do clube.

Debate e workshop

Neste sábado, 18, um debate na Casa da Cultura, às 10h, reunirá o secretário de Cultura e Turismo Guilherme Gassenferth, o produtor cultural Cássio Correia e os músicos Edinho Santana e Rafael Vieira em torno do tema “A cadeia produtiva da música em Joinville”. A entrada é livre.

Já nesta segunda-feira, dia 20, a grande atração do festival voltará ao palco da Lyra, desta vez para um workshop. A dupla de pianistas Laurent De Wilde e Ray Lema falará sobre técnica, instrumentos e outros temas, além de interagir com a plateia. O encontro começa às 10h e a entrada é gratuita, mas é preciso se inscrever antes pelo e-mail [email protected].

Leia também:

1. Tempo em Joinville: veja previsão para esta terça-feira e para feriado de Proclamação da República
2. Empresa de Joinville atinge receita de R$ 3 bilhões no terceiro trimestre de 2023
3. Agência bancária é furtada no Boehmerwald, em Joinville
4. Maior subestação de energia de Joinville é inaugurada no Boa Vista
5. Festa das Flores em Joinville: tudo o que você precisa saber sobre o evento


Assista agora mesmo!

Sargento Junkes leva o pai e o irmão para o bar da Zenaide para contar histórias de família:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo